quinta-feira, 29 de abril de 2010

As primeiras impressões - São Paulo/Madrid/Roma - Dia 14 e 15/04/2010

Nossa já contei quantas pessoas me ligaram para me desejar Boa Viagem não é mesmo?
Mas realmente fiquei impressionada, como se lembraram? Como é gostoso receber tanto carinho, e com esse sentimento no coração que eu parti para o aeroporto, como se todos os meus amigos tivessem me dado um abraço apertado e dissem pode ir, aproveita, mas volta por que a gente te ama muito.
Bom eu comprei a passagem há algum tempo, e fui super cedo para o aeroporto para pode almoçar, declarar a máquina fotográfica, ficar relax, mas ao chegar lá estavam fazendo o check in para um vôo para Madrid (destino da minha conexão) uma hora antes, achei estranho, pois não costuma ter vários vôos no mesmo dia, perguntei e a minha surpresa é que quando comprei a passagem era horário de verão (acho que o Maurício me avisou no dia e eu respondi, "DEIXA COMIGO"...rsss...deixa comigo que vou esquecer), ou seja, aquele vôo adiantado era o meu, aí o relax foi para o espaço e corri feito doida, assim que fiz o check in já fui para a sala de embarque sem declarar bem, sem comer, sem quase me despedir direito...afff!
Minha mãe arrumou um pão de queijo e ao entrar na sala comi uma torta de palmito...eu gosto de comida sabe, essas coisinhas são para a tarde, um café, de vez em quando substituo a janta, mas não me faz muito bem.
No avião a mãe e as filhas gêmeas a meu lado, elas dormem gostoso com a boca aberta, quase babando, nossa como invejo essas pessoas que fecham os olhos e dormem quando querem, eu fritei de um lado para o outro implorando "me deixe dormir uma horinha vai".
A tripulação era espanhola e é engraçado tentar me comunicar com eles, pedir água, escolher o que quero, encontrar o banheiro e tudo mais.
Bom de SP a Madrid são mais ou menos nove horas de viagem, a comida de avião é sempre aquela que engolimos secamente, sem graças a Deus sentir o gosto de borracha, mas quando caí no nosso estômago ele nos dá o alerta de que aquilo foi uma bomba.
Foi assim que meu estômago e meu fígado resolveram se rebelar, e o cerébro emitiu sinal de fumaça (dor de cabeça) "SOS tem alguma coisa errada, nos socorre...rsss", nem a salada de fruta do café da manhã eu consegui comer.
Bom em Madrid eu não sabia exatamente em que momento aconteceria a imigração, e foi assim que descemos, bom eu via todo mundo sendo liberado rapidamente e achei que aquela cabininha era somente uma checagem rápida, mas não já era o tão temido momento..rss...mas nem deu tempo de ficar nervosa.
Bom eu fui atendida pela única mulher (brava) e ela me fez todas as perguntas, passagem, quantos dias ia ficar, o que estava indo fazer na Itália, no que trabalhava, quantos dias ficaria em cada cidade, se eu tinha cartão de crédito, e tudo mais, eu acredito que seja por que meu passaporte era virgem, ou ela me achou com cara de perdida..rss
Não sei se entendi tudo que perguntou, mas ela me liberou! Meu passaporte deixou de ser virgem e ganhou uma carimbada!
Segui a multidão, pois era demadrugada e não tinha muita pessoas a quem pudessemos pedir informação, e para meu desespero tinha que pegar uma espécie de trem, fiquei morrendo de medo de sair do aeroporto, mas ele realmente nos levava para pegar as malas ou para as conexões.
Ou passar no raio x, lógico apitou, fiquei de meias, tive que ser revistada pela oficial e ela encasquetou com o meu porta dolar, o arrancou para fora, e perguntou o que era aquilo, disse que era onde guardava meu dinheiro...uai!
Achei meu portão de embarque sozinha, seguindo as placas e percebi que estava no lugar certo, por que, ao meu lado um padre e do outro lado uma freira, se bem que a minha idéia de seguir a freira que estava no meus vôo imaginando que todos eles vão para Roma se demostrou uma furada, a que estava no meu vôo foi sabe Deus para onde, mas não para Roma, MAS EU IRIA!
Bom nesse momento meu fígado, estômago e cabeça estavam totalmente rebelados, entrei no avião para Roma e só pensava em chegar logo, ir no banheiro, e controlar a ânsia de vômito.
Eu fechei os olhos e fiquei pedindo para Deus não permitir que eu passasse mal dentro do avião, na minha primeira viagem internacional...rsss
Bom veio o serviço de bordo e eu completamente zonza de dor de cabeça, enjôo e sono, ele me perguntou se queria alguma coisa, disse água (para tomar o paracetamol), ele falou algo que não entendi, olhei com cara de paisagem para ele, ele me perguntou o que falava continuei com cara de que não estou entendendo, ele começou inglês, espanhol, francês...rsss...e eu nada...ele me pediu o cartão...rsss..eu achei que era o do embarque...kakakaka....depois de algum tempo entendi que era para pagar, coisa que nunca me aconteceu no Brasil, bom aí me deu outro desespero, demorou mais uns cinco minutos para eu chegar a conclusão que tudo bem, eu tinha euros...rss
Bom paguei, tomei dois paracetamol e minha barriga parecia uma sinfonia, pensei quando o avião pousou em sair correndo para o banheiro, antes peguei o saquinho do enjôo no avião para qualquer eventualidades..rsss.... e a Italiana ao meu lado recuou..rss...mas minha idéia de sair correndo do avião para o banheiro não deu certo, por que lembrei da MALA.
Meu desespero em viagens é a mala não vir...aí meu Deus, lógico que quanto mais desesperado você é com isso, mais a sua mala demora, mas enfim ela apareceu...ufa...
Só que ao pegá-la eu pensei como vou para o banheiro com essas malas...quer saber eu vou para o hotel, e lá fui eu, saí e vi um ônibus que ia para a Termini e foi lá mesmo que embarquei, quarenta minutos depois chegamos na Termini, desço, vou para o lado errado, pergunto é para o outro, volto.
Acho o hotel e só entendo a recepcionista falar em "C'è stato un problema con la camera", nem me rebelei, ou gritei, ou sentei no chão e chorei...rss
Resignadamente fui para o outro hotel indicado, graças a Deus a uma quadra dali.
Finalmente eu poderia passar mal em paz!
Tomei um banho e fui me sentindo melhor, a dor de cabeça começou a diminuir, o enjôo também, agora eu precisava comer alguma coisa.
Achei melhor ir dar uma volta antes de dormir, pois no outro dia tinha que acordar às sete para ir para Napolis, se dormisse agora ia acordar demadrugada.
Fui dar uma volta ali pelas redondezas da Termini, vi minha primeira de muitas fontes de água potável disponivéis por toda a cidade de Roma, vi como o trânsito deles é realmente caótico coordenado, não sei como não há uma batida a cada segundo, mas incrívelmente tudo segue uma ordem.
Minha primeira parada é na Termini para comprar todas as minhas passagens de trem que não consegui comprar no Brasil, a mulher não entende o que falo em inglês e é grossa, mas de um jeito ou de outro consigo comprar tudo.
Minha primeira igreja no caminho já é gigante e deslumbrante.
A Santa Maria Degli Angeli e dei Martiri.
Em frente a ela a multidão vai e vem e um moço me chama para assinar um manifesto contra as drogas e contribuir...rsss... bom isso foi o que entendi, mas estava ainda sem moedas ou trocado, ele me olhou desconfiado..rss
Assino seja lá o que for o manifesto, eu concordo!
Na frente da igreja uma "Fontana" maravilhosa, a primeira que vejo, ela não consta no guia e na minha opinião deveria conter..rsss. (Fontana Della Naiadi)
Cada pontinho desta cidade deveria ser marcada, identificada, peço para uns dos muitos orientais que encontrarei tirar a minha foto.
Será nesta viagem muitas pedidos destes.
Meus olhos pesavam e começaram a querer fechar.
Decido ir comer logo antes que a dor de cabeça volte.
Comi meio pollo (que realmente é meio frango..rss), batatas e saladinha e voltei para o hotel para descansar, já estou atrasada com o meu roteiro, já que tinha previsto ver várias coisas nesse dia..rsssss.
Um dos conselhos dos meus amigos de net e turistas é que para não se acabar no primeiro dia, pois, se faz isso não sobra muita energia para os outros e ainda teremos muita coisa pela frente, então, apesar de frustada acho que fiz a coisa certa.

4 comentários:

  1. Ai caraca não sei se dou risada de tudo ou se choro de emoção e de orgulho!!
    Só sei que preciso sair daqui agora, mas vou correr pra casa pra ler o outro post!!
    Saudades...
    Vc ainda vai virar escritora.
    bjs e cuide-se incluse do figado, estômago e cabeça.

    ResponderExcluir
  2. Ahhh chore, ria, faça tudo...rss
    Isso leia mesmo e comente tudo...
    Saudades também!
    Será?
    O fígado, estômago e cabeça já estão bem...rss
    Beijos querida e obrigada por ler..

    ResponderExcluir
  3. sÓ VI HOJE O DANADO DO SEU BLOG E DEPOIS VOU LER TUDINHO, MAS CLARO QUE JÁ COMECEI COM AS AVENTURAS DA VIAGEM...RSRSRSRS!!!

    DÉAAAAAAAAAA...VC É MEU ORGULHO VIUUU?

    BEIJOOOO E VOU PRO PRÓXIMO POST...RS

    ResponderExcluir
  4. Oi lindeza,
    Rsss
    Adorei ver você por aqui...lendo tudo..
    Leia o blog, que estou montando o álbum gigante, assim vai estar totalmente informada do meus passeio...rsss
    Obrigada, sou o meu também...coragem, mas foi maravilhoso vencer mais esse obstáculo.
    Beijos Bijú.

    ResponderExcluir