domingo, 8 de agosto de 2010

Continuo chorando...mas de felicidade...por ter pessoas assim...simplesmente assim!

Choruma,



To te enviando este email pque nunca sei se meu depoimento entrou ou nao no seu blog...rsrs. Mas ontem foi um dia muito especial pra mim... tava me sentindo um pouco depre... primeiro por ter passado longe da Leticia o aniversario dela que foi dia 06... nunca passamos separadas e pra uma mae é bem dificil ficar longe da cria em uma data tao especial, afinal é o ano novo particular de cada pessoa.. ainda mais quando esta pessoa é a que mais amamos na vida. Tbem estava trista pelo dia dos pais se aproximando.. e esta historia vc ja conhece, mesmo tendo passado por bons bocados com meu pai...sinto uma falta enorme dele, um vazio muito grande... uma grande perda... estranho né, uma pessoa que por muitas vezes eu desejei que estivesse longe de mim e hoje sentir tanta falta... descobri com o passar dos tempos que AMO meu pai.... sempre amei e que o respeito por sua decisao (mesmo nao aceitando e tbem nao compreendendo)... quase nao me lembro das brigas...e sempre que me lembro dele me vem a cabeca a ultima imagem que tive do meu pai... sentado na sala de sua casa, em Cerquilho, de short branco... camiseta... sorrindo e vindo abrir o portao pra eu entrar.... pra eu entrar em sua vida... em seu coracao.... puts... ja to chorando... e olha que eu quase nao choro...rsrs.



Tbem tava triste por nao estar ao seu lado, por ter faltado tantas vezes que vc precisou, por nao ter participado dos preparativos com foi na sua festa de 15 anos, por sentir falta de nossas risadas... de nossas saidas... de estamos juntas sempre.... Vc sempre foi e sempre sera minha melhor amiga.... sinta sua falta, sempre senti... nunca compreendi pque aconteceu tudo isso com vc... mas hoje sei que foi por sua evolucao, que tinha que passar por isso... e que com certeza o MELHOR te aguarda. Nunca disse, mas sempre tive ciumes de vc... ciumes de suas novas amizades... e as vezes achava que vc nao me queria por perto... bobeira, continuo com as mesmas bobeiras e tao ciumenta como antes.... Sabe o que me lembro, nos duas na Aleixo, deitadas na calcada, planejando nossa viagem pra Cornelio, vc me contanto suas aventuras por la (qdo eu ainda nao conhecia), fazendo nossas agendas de saidas em Cornelio... nossa liberdade... e lembrando disso sinto o cheiro de café.... aquele cheiro que vem logo qdo o onibus entra na cidade..rsrs.



Bom.... como fiquei com medo de vc nao receber o depoimento ai vai.... amiga é a mais pura verdade... ate me arrepio:



Irmã querida,

A bonequinha é simplesmente uma doce lembrança que qdo vi pensei logo... aí esta um menina magrinha, cabelo preso e rezando (sim, esta é vc... vc em nossa adolescencia e agora mulher. Bom quis muito estar no Sarau, mas pelos caminhos da vida nao pude ir... pelo menos fisicamente, pois aqui confesso que quando mais ou menos umas 15 horas me deu um sono terrivel.. fui logo pra minha caminha e logo adormeci (nem vi o que o Matheus estava fazendo..rsrs)... só sei que sonhei com a sua festa, me lembro de estar chegando em um lugar que parecia uma igreja, logo de cara vi sua mae (com aquele casaquinho marron dela) destribuindo seu livro e agradecendo a presenca de todos... ela estava preocupada pois me disse que so tinham 06 pessoas lá dentro... eu ria... ria muito... mas me sentia emocionada e nao sabia o porque. Entrei no tal lugar.. nao era bem uma igreja, mas um lugar tranquilo, com uma musica linda (que ainda soa em meus ouvidos), com bancos em circulo.. e no meio um palco.. e lá estava voce... sorrindo e me acenando.. sei que sentei e lá fiquei.. nao me lembro de mais nada... so sei que acordei as 18 horas e que meu rosto estava todo molhado.. como se estivesse chorado!!! Me sentia leve e inexplicavelmente presente em sua linda festa!!!! Estanho né?!?!? Estranho nada, quem disse que nao participei?!?!?! Fui sim... minha alma estava lá... estava de acompanhando... e isso é o que importa.. eu continuo do seu lado. Te amo.





Beijo.



Clau

Um comentário:

  1. Tenho certeza que estava Cláu.
    Você estava no olhar da Paula..
    Nas piadas que contei...
    No meu desembaraço para falar em público...
    No momento que tive que abrir mão do som e me acostumar com a frustração dele não ter funcionado...
    Você estava em meu coração...
    Ainda bem que filmamos tudo, assim você vai poder assistir, ouvir e sentir o que disse sobre você e o que disse sobre mim e as pessoas que vivem essa missão comigo.
    Não tenha ciúmes Cláu...você nunca perderá, não importa o que faça, o seu lugar de minha melhor amiga...nunca!
    Nossas vidas se tornaram paralelas durantes alguns periodos, mas nosso amor é eterno.
    Você está aprendendo a se abrir, a abrir seu coração, a deixar transbordar seus sentimentos.
    É assim mesmo que deve pensar em seu pai, ele é seu Cláu.
    Você os escolheu para vir para essa vida, para ajudá-lo, e para passar por tudo que passaram.
    Ontem eu também lembrei dele, de todos os pais que partiram e nunca, nunca mesmo eu tive raiva, ou medo, ou qualquer sentimento ruim em relação ao seu pai, e talvez eu teria por ser tão próxima a vc, mas sempre gostei dele...
    Quanto a Lê Cláu...eu nem imagino...acho que nesta vida eu não vou conseguir sentir esse sentimento tão sublime de ser mãe, mas de amor eu entendo um pouco e sei como é sentir falta daqueles que amamos..
    Só posso te dizer...força...e esteja presente quando puder e não puder na vida da sua filha...
    Obrigada por partilhar seus sentimentos com tanta transparência.
    Eu continuo aqui, você aí, mas nos encontrando em nossos sonhos...um beijo bem grande.

    ResponderExcluir