quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Minha nova aventura.


Totalmente entregue a minha nova aventura!
Chile!
Sem expectativas...sem planos...sem idéias...totalmente entregue ao que tiver que acontecer.
Que eu veja a neve, que eu pise nela, que eu tome pisco sour, que eu dance, que eu sinta a presença de Deus, que eu faça comprinhas, mas não gaste muito...rsss, que eu vá na Ilha de Páscoa, mas não fique o dia inteiro lá, que eu coma ceviche...delícia, e que suba no teleférico...que eu veja o Andes por onde quer que eu olhe, que eu sinta Neruda em toda a sua simplicidade complexa...que eu esteja totalmente entregue a Santiago.



E se eu só VOAR já valeu a pena...
Rssss.



Querer (Pablo Neruda)
Não te quero senão porque te quero
E de querer-te a não querer-te chego
E de esperar-te quando não te espero
Passa meu coração do frio ao fogo.
Te quero só porque a ti te quero,
Te odeio sem fim, e odiando-te rogo,
E a medida de meu amor viageiro
É não ver-te e amar-te como um cego.
Talvez consumirá a luz de janeiro
Seu raio cruel, meu coração inteiro,
Roubando-me a chave do sossego.
Nesta história só eu morro
E morrerei de amor porque te quero,
Porque te quero, amor, a sangue e a fogo.

Eu te quero amor meu e te peço todos os dias...

2 comentários:

  1. To te achando mto internacional... rsrs
    então resolveu aceitar?
    Delíciiiiiiiiiiiiaaaaaaaaaaaaa
    Gde beijo

    ResponderExcluir
  2. Internacional? Rsss...
    Eu, você e eu ....rsss
    Não tive muita saída...rssss...mas amei não ter...
    Outro para você...

    ResponderExcluir