domingo, 15 de agosto de 2010

Fragmentos de amor da Secretária do Dr. Papa e da Dra. Nefro...

Boa tarde, Déia.........tudo bem com vc?


aqui é a XXXx, secretaria do Dr Papa e Dra. Nefro...........

Tomei a liberdade de te escrever, simplesmente para dizer que amei seu livro, devorei ele em 1 dia.

Me emocionei em diversas vezes com o seu relato, sempre fui uma pessoa que se coloca demais na situação do que o outro esta passando e me coloco tanto no lugar dos outros que as vezes isso me atrapalha.

As vezes chego em casa triste e baquiada por causa de algum paciente que não esta bem, me lembro que quando entrei no consultório os meu chefes e minhas amigas de trabalho achavam que passava por isso e sentia tanto pelo fato de não ter costume em trabalhar em consultorio, clinica, Hospital e etc, mas com o passar do tempo viram que não tem jeito, eu sou assim, acabo sofrendo com os pacietes que não estão bem.

Me lembro como se fosse hoje, vc chegando ao consultório bem debilitada, triste, nem olhava para as pessoas direito, fiquei bem triste e pedia a Deus para que vc conseguisse dar a volta por cima, o dia que fez o transplante e na medida que foi se recuperando fiquei muito feliz e sempre que te vejo e lembro da menina que entrou no consultório pela primeira vez e a que eu vejo entrando a cada mês, cada dia melhor, disposta, alegre, educada, fico realmente muito feliz e quando te abraço e digo, Déia.............como vc esta bem, é porque realmente acho isso.

Enfim, não sei porque estou escrevendo isso mas, senti uma vontade imensa de te escrever............

Só quero que saibas que sempre tive muito respeito pelos pacientes do consultório, as vezes penso em sair de la e quando penso que talvez perderei contato com alguns deles, meu coração aperta, dentre os muitos pacientes que existem no consultório, sempre tem alguns mais especias e vc é bem especial, viu?

bjo grande

Eu tudo posso, mas nem tudo me convem

Nenhum comentário:

Postar um comentário