sábado, 9 de outubro de 2010

Meu trabalho voluntário.

Esta semana eu comecei o treinamento para o meu trabalho voluntário no ICRIM.
ICRIM é uma instituição de apoio aos familiares e as crianças com doenças renais.
A forma que foi parar lá, é no mínimo Deus me empurrando como sempre faz...rss
A Mari minha amiga da faculdade, foi no sábado no Sarau e relembrou tudo comigo o que vivi, e no domingo ou no outro sábado, não tenho certeza, ela foi em um evento do ICRIM, e mexida como ela estava com tudo que vivenciou no Sarau ela lógico lembrou de mim, me indicou, fez a ponte e acabei indo parar lá.
Bom o ICRIM dá aulas para as mães poderem ajudar no sustento de suas famílias, já que com filhos doentes elas quase nunca conseguem trabalhar o dia todo, carteira assinada, conheço essa rotina, para mim ela começou aos trinta, mas imagino como seja duro para essas famílias quando ela começa na infância.
Fora que nunca tinha pensado nisso até ler o site do ICRIM, mas imaginem um transplante dura em média 10 a 15 anos, raramente chegando aos 20 anos de vida útil, imagina essas crianças, tendo que fazer vários transplantes durante a vida, sessões de hemodiálise, sofrimento, privações.
Eu estava querendo muito começar um trabalho voluntário, me envolver, fazer parte de um grupo, mas confesso que sou um pouco preguiçosa, embora, persistente, mas com o empurrão da Mari, eu comecei e agora minha persistência e responsabilidade me farão continuar, é difícil para mim começar, mas quando dou a minha palavra é difícil eu desistir...rss
O ICRIM também ajuda a criança no que ela precisa, medicação gratuita que não tenha no SUS, cesta básica, cursos para as mães como já citei, festas, passeios, grupos de terapia, dias da beleza, enfim, estão sempre ajudando no que for possível.
A minha ajuda é ser vendedora no bazar, uma vez por semana para começar (vou sentir e qualquer coisa eu aumento a carga), aliás um bazar muito bem cuidado e organizado, e muito econômico, peças de R$ 1,00/ R$ 5,00, o mais caro é de R$ 20,00.
Tem grande movimento, e entram lá pessoas de baixa renda, o que é uma delícia para mim, eu preciso mesmo ser mais humilde, quem sabe eu não aprendo com eles.
É engraçado eu que sempre lidei com artistas, gente rica, agora vivenciarei esse lado mais simples, como minha vida tem se tornado.
Mas o que eu mais amo é que estou fazendo o que sempre desejei, doando meu tempo, trabalhando para um bem maior, saí de lá com a sensação de trabalho cumprido, gostoso, o coração leve.
Vendi bastante viu, e acho que até estou achando uma veia comerciante em mim que eu nunca tinha visto, nunca serei aquela vendedora que insiste, que tem que vender, essa eu jamais seria, mas eu realmente sei lidar com gente, por que eu AMO GENTE!
Se tiverem tempo, dinheiro, amor, carinho sobrando....DOEM.!
O site do ICRIM para quem quiser conhecer: http://www.icrim.org.br/
Se tiverem roupas, sapatos, bolsas, bijús, etc, para doarem para o bazar, falem comigo, eu levo para vocês...eu testemunho que tudo é revertido para a assistência as crianças.
Sempre há eventos e vou contar com meus amigos para participarem...
Adorei meu primeiro dia, e outros virão..

6 comentários:

  1. Muito legal vc fazer isso, sempre tive vontade, mas nunca vergonha na cara.
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Tenha...tenha...é muito bom para a gente mesmo.
    Seu coração fica sereno.
    Embora agora com Miguelito é mais complicado...

    ResponderExcluir
  3. Déa... que pena, antes da mudança e tbem qdo estive em SP em setembro dei muita... mas muita coisa embora e tenho certeza que seriam bem vindas no bazar... o que acha de mandar um email a seus amigos pedindo doações?!?!... talvez nem todos acessem o blog com frequencia o que dificultaria suas arrecadações... fica a dia. Mas voltando, parabéns pela doação de tempo, de simplicidade, de amor e tempo... mas principalmente por estar a aberta a novos ensinamentos que terá. Beijo cheio de orgulho e saudades de você, Clau.

    ResponderExcluir
  4. É Clau uma pena, eu também dei meu guarda-roupa...mas é assim né?
    Com certeza enviarei um e-mail para os amigos...
    Valeu pela Dica.
    Sonhei com vc...estavamos num show, vc no palco, vc não me deixava subir, fiquei triste, depois estavamos em outro plano, via pessoas que já tinham morrido..afff.
    Obrigada flor, estou adorando doar meu tempo, tenho outros projetos...mas tenho que esperar minha mãe ficar boa...vou devagarinho, mas chego lá...rss
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Querida... tenho certeza que logo, logo sua mãe estará otima, tenha fé!!! No show da minha vida vc sempre participou e sempre terá participação mais do especial.. e com certeza no PALCO onde é o lugar das estrelas.... vixi... tô massa sendo "estrela"...rsrs. Bj, Clau

    ResponderExcluir
  6. Rsss...eu sei,mas no sonho vc não deixou..rssss.

    ResponderExcluir