domingo, 17 de outubro de 2010

Sobre o Livrinho.

Olha que delícia.

As ligações sobre o livrinho continuam, agradecimentos, os fragmentos...rsss não param de acontecer...

E as histórias me surpreendem e fascinam.

Minha amiga Dai, que encontrei ontem, na festa da mãe da amiga da gentiiii, me contou que quando foi entregar o livrinho para algumas amigas em comum que pedi que ela entregasse, um casal ao lado no bar, pediu para ver, e acharam super bacana, pois estavam justamente falando sobre "Aprender a Viver", o nome do livrinho, em quanto minhas amigas estavam no bar, a moça leu e eles pediram para indicar onde podiam comprar e como faziam, a Dai explicou para eles e ficou de ver se arruma um exemplar para eles, ela ficou com o número e me pediu ontem se eu podia arrumar, eu claro arrumei mais dois para ela e espero que o casal continue "Aprendendo a Viver" e que o livrinho sirva de inspiração para um caminho mais iluminado, fácil, floridos, nunca é...rss

A amiga de um amigo que também encontrei ontem, está querendo ler, ela tem uma editora e ficou interessada na minha história, também dei um livrinho para ele, e não seria bárbaro uma editora se interessar, eu ganhar algum, a história chegar às mãos de mais pessoas, eu poder reescrever (já que foi suscinta por temer o valor, já que eu banquei tudo), enfim, diz aí se não ia ser maravilhoso.
Se um dia isso acontecer, só a capa que eu não quero mudar nuncaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!

O livrinho até o momento só tem me dado alegrias, orgulho e eu tenho a impressão que lá no fundo ele tem tocado a alma das pessoas, tem feito elas descobrirem que tudo que conto ali poderia e pode acontecer com qualquer um e que todos nós somos fragéis diante das dificuldades da vida e da eminência da MORTE!

Nenhum comentário:

Postar um comentário