terça-feira, 22 de junho de 2010

CONVITE - SARAU À VIDA.


Bom gente está aí a capa do meu livrinho.
O Sarau à vida irá acontecer:
Dia 07/08/2010
Ás XXhXX
Na Rua XXXX.

COMO EU DISSE NO CONVITE, HÁ CINCO ANOS ATRÁS MUITAS PESSOAS SE REUNIRAM PARA PEDIR...
NESTE DIA EU QUERO REUNI-LOS PARA EU PODER AGRADECER!


Quem puder contribuir:
Trazer uma lata de leite em pó (de qualquer marca), para ser distribuida para instituições de caridade.

sexta-feira, 18 de junho de 2010

Dica - Faça você mesma - Custumize sua camiseta preta básica.

Receita para limpar os rins - Não custa tentar.

Limpe seus rins

Os anos passam e nossos rins vão filtrando nosso sangue para remover o sal e outros intoxicantes que entram no organismo.
Com o tempo, o sal se acumula e precisamos de uma limpeza. Como fazer isso?
De um modo simples e barato: Pegue um maço de salsa e lave bem.
Corte bem picadinho e ponha em uma vasilha com água limpa.
Ferva por 10 minutos e deixe esfriar. Coe, ponha em uma jarra com tampa e guarde na geladeira.
Beba um copo todos os dias, e você vai perceber que o sal e outros venenos acumulados nos rins saem na urina.
Você vai notar a diferença!
Há muitos anos a salsa é reconhecida como o melhor tratamento de limpeza dos rins.
E é um remédio natural!

Sobre a Salsa
A salsa é uma das ervas com propriedades terapêuticas menos reconhecidas. Ela contém mais vitamina C do que qualquer outro vegetal da nossa culinária (166mg por 100g).
Isso é três vezes mais que a laranja.
A salsa contém também ferro (5.5mg /100g), manganésio (2.7mg / 100g), cálcio (245mg / 100g) e potássio (1mg / 100g) .
De acordo com o Padre Kniepp, essa planta é um poderoso diurético, curando a retenção de água no organismo, sendo recomendada para pedra nos rins, reumatismo e cólica menstrual.
Sua alta concentração de vitamina C ajuda na absorção de ferro.
O suco de salsa, sendo uma bebida natural, pode ser tomado misturado com outros sucos, 3 vezes ao dia.
As folhas podem ser mantidas no congelador, e seu uso é recomendo na culinária diária, pois além de saudáveis, dão óptimo sabor a qualquer receita.

Gente mais novidades sobre estrias....

Estrias tardias: até pouco tempo atrás, os tratamentos para esse tipo de estria não surtiam muito efeito, o máximo que davam conta era suavizá-las levemente. Agora, com a transcisão, livrar-se desse tipo de estria ficou possível. Tanto que o método já virou um dos queridinhos dos dermatologistas.




A transcisão é feita a partir da capacidade que a pele possui de se reparar após ser lesionada. Para tanto, o médico introduz nas regiões afetadas uma agulha de grosso calibre específica para esse procedimento e irá cortar as fibroses do local na parte superior, inferior e laterais da lesão. Por se tratar de uma cirurgia, esse procedimento pede anestesia local e deve ser feito em centro cirúrgico ambulatorial.



Já é possível notar os resultados nas primeiras semanas após o procedimento, embora os resultados finais sejam observados em até seis meses, tempo necessário para que seja concluída a remodelação do colágeno e a reparação da pele. A grande notícia é que todas as estrias tardias respondem ao tratamento, independente do tempo de surgimento, da largura e da localização.



Estrias antigas podem voltar?



Não, de jeito algum, mas esse tratamento não impede que novas estrias surjam na sua pele. Nesse caso, o jeito é se cuidar sempre.



"Uma pele bem hidratada sofre menos distensão. Os cosméticos à base de óleo de semente de uva costumam ser bastante eficazes"Cuidados posteriores



Por se tratar de uma cirurgia, é recomendável evitar praticar exercícios físicos por sete dias e não se expor ao sol até o fim do tratamento ou você corre o risco de ganhar uma pele manchada. Outra recomendação é ficar com curativo compressivo por sete dias. Usar cinta compressiva por dois meses e utilizar cosméticos domiciliares específicos prescritos pelo médico.



Viu só? A partir de agora, você não precisa mais sofrer nem se esconder com vergonha das estrias. Procure seu dermatologista e converse com ele. A transcisão já é uma prática conhecida no Brasil e, graças aos cursos nessa especialidade, fica fácil encontrar um profissional capaz de realizar esse procedimento. Lembre-se que o melhor investimento é na nossa auto- estima. Cuide-se e sua pele irá agradecer!

Fonte: Site Minha Vida.

Jóias

Site da amiga da amiga que vende jóias

Gente achei o máximo, tem coisas lindas, nem imagino os preços, mas se alguém for investir numas jóia que seja da amiga da amiga da gentiiiiii.

quarta-feira, 16 de junho de 2010

Site do grupo de oração - Pedidos de oração

Acho que já faço parte do grupo de oração há dois anos....
Primeiro eu fazia em casa sozinha, mas depois que fui ficando mais forte, mais determinada, eu comecei a participar efetivamente do grupo, ainda sou a caçulinha, mas me sinto muito feliz de poder participar, de poder doar meu amor, minhas vibrações aqueles que precisam.
Cada mês que passa, me sinto mais forte na fé, mais concentrada, mais amorosa com meus irmãos necessitados.
É um meio de retribuir todo amor que me dedicaram durante a vida, sempre fui uma alma que embora lute para alcançar a evolução deu um trabalho enorme...rsss
Bom fica aqui o site do grupo para quem quiser mandar o nome de quem estiver precisando de oração.
Coloco meu blog também a disposição....
Ressalto a necessidade de alimentarmos nossa fé, como alimentamos nosso corpo, por mais forte que sejamos tem momentos na vida que nossa fé balança e se não estivermos sempre alimentando-a ela pode enfraquecer.
Seja qual for a sua crença, alimente-se sempre.


Grupo de Oração.

segunda-feira, 14 de junho de 2010

DELÍCIA

Meu livrinho foi hoje para o meu ex chefe se encarregar de mandar para a gráfica, significa que ele está fechadissimo, agora é questão de tempo....assim que tiver certeza que ele está sendo impresso e que dia ficará pronto, começarei a pensar no evento...Delícia!

Já estou viajando no evento, convidando as pessoas para fazer determinadas apresentações e até agora todos estão aceitando e adorando o que tenho imaginado....DelíciaII!

Tomara que consiga ser dia 07...amanhã teremos uma posição dos médicos da minha mãe...Delícia III!

Feliz dia do AMOR!

Quero deixar aqui um Cheiro gostoso para todos os enamorados.
Sábado foi dia deles e não é por que eu não achei a tampa da minha panela que não deseje toda felicidade do mundo para quem achou...rss
Eu não sou fã do dia dos namorados, simplesmente por que não gosto de nada que seja obrigação, ter que dar presente, comparecer e mimar namorados e namoradas no dia certo....affff.
Eu amo ser surpreendida, amo dar presentes, e amo também receber, ainda mais daqueles que amamos, mas fala sério, acho um porre ter que ir para o restaurante lotado, que cobra uma fortuna, depois ir para o motel também lotado, sabe essa carga de pressão eu dispenso...
Eu acho muito mais bacana se o namorado me surpreendesse antes ou depois do dia dos namorados e principalmente que me desse alguma coisa que ele saiba que eu gostaria, sabe nada mais importante que ouvir a pessoa amada, já tive namorado que perguntou se eu gostava de determido objeto e eu disse que não, e adivinhem no dia dos namorados eu ganhei aquilo que tinha dito que não gostava...afff..ainda fingi que gostava, por que, era tonta e queria manter o namoro, mas está na cara que um namorado desses, além de seguir a cartilha, não me amava e muito menos me escutava...coisas que a gente aprende quando amadurece.
Aliás, um grande e belo uhhhhhhhhhhhhhhhhh  para as pessoas que namoram por comodismo, que não dizem o que sentem e principalmente o que esperam (não vale falar que não quer casar, mas sim morar junto se o seu sonho for ter uma festa de conto de fadas...alguém muito importante, você, vai sair frustrada dessa história), que mentem onde estão e o que fizerão e principalmente que traem seus próprios sentimentos.
Eu neste momento ando feliz da vida, bem de saúde, sem trabalhar, mas pensando em ajudar as pessoas com meu tempo de sobra, investindo na minha evolução espiritual, e sabendo mais do que nunca o que quero e o que espero, e o que quero na parte sentimental e encontrar uma pessoa com quem possa falar sinceramente sobre as minhas expectativas e que possamos juntos adaptá-las para que ambos não se frustem em nenhuma parte do caminho percorridos juntos.
Quero ser surpreendida, por coisas simples, mas que sejam ouvidas com a alma daquele que escuta, pois, de alma para alma, tudo fica mais claro e perfeito.
Não quero ter o meu amor compromissado num papel, mas quero poder olhar no fundo de seus olhos e acreditar que ele está sim comprometido comigo.
Quero acreditar que estaremos um do lado do outro caso a vida nos chacoalhe seja com doenças, falta de dinheiro, discussões, destemperamentos.
Quero uma pessoa que trate bem a sua família, seus pais, tios, primos, ou pelo menos a maioria deles, por que desconfio demais das pessoas que não se dão bem com a sua própria família, sei que não é por que temos o mesmo sangue que seremos próximos, mas sei também que é na família que aprendemos a conviver com o resto, e se não aprendemos pelo menos a aceitarmos nossos familiares o que dirá daqueles com quem não temos nenhum vinculo.
Quero uma pessoa que goste de animais, crianças e velhos, pois muito da pureza encontra-se nesse seres.
Quero uma pessoa que tenha vida própria, amigos, que os veja quando quiser e que os divida comigo quando possível, quando não for, quero que saia com eles sem cobranças e mesquinharias, por que, eu também quero poder fazer o mesmo.
Quero uma pessoa que goste de ler, ouvir música, dançar (quem dança seus males espanta e quem dança é uma pessoa que não se preocupa com a opinião alheia e que sabe se divertir).
Quero uma pessoa que me faça rir, até mesmo nos momentos mais difícies.
Quero uma pessoa que não tenha medo de chorar, de errar, e de pedir perdão.
Quero uma pessoa que saiba perdoar.
Quero um homem com H.
Quero uma pessoa que não precise beber, fumar, para se enturmar, que já tenha percebido que ser quem você é, causa espanto no começo, mas que depois é uma liberdade maravilhosa.
Ahhh não quero princípe algum, eles dão um trabalho imenso, quero sim alguém que esteja em busca da sua evolução e que tenha dias de acertos e tropeços, mas que leve a vida com leveza, com caráter e convicção.
Quero alguém...e que ele venha bater na minha porta, no supermercado, na locadora, na rua, no trânsito, no cinema, no teatro (aliás por que não há grupos de amigos no teatro? Será que acham que é gay?), onde e quando Deus achar que é o momento certo e se não for nesta vida que venha na próxima...rsss...

Feliz dia dos namorados todos os dias.
Para quem achou sua tampa da panela, agradeça a Deus..
Para quem não achou, acredite talvez o que pareça uma grande falha é na verdade um grande acerto, sempre agradeci a Deus das roubadas que me livrou...ninguém quer passar a vida inteira não sendo ouvida, ou quer?
Enfim....Não gosto da data, da obrigação, mas amo demais o amor....e para ele...minhas felicidades!

quinta-feira, 10 de junho de 2010

Explica que eu te entendo...

Como a maioria sabe em 2005 eu fiquei muito doente, fiquei em coma, perdi muitas coisas, lutei muito para ficar viva, nesta vida, tinha 1% de chance de sobreviver e sobrevivi.
Os anos que vieram foram sofridos, fui perdendo a função renal, até que chegou o momento que ou eu transplantava ou ia para dialise esperar a minha hora na fila, mas graças a Deus e a minha Tia, eu fiz o transplante e estou muito bem.
Mas o que agora eu vejo com uma paz profunda, quando aconteceu tirou meu chão, mudou meu mundo, me transformou...
Imagina em um dia você estar trabalhando normal, e depois de quarenta dias em coma você acordar, e não andar, não falar, não escutar direito, ter perdido um rim, estar cheia de tubos, precisando de oxigênio para respirar, enfim, de cama, imagina ficar cinco anos assim, lutando...
Então, é disso que se trata o livrinho "Aprendendo a Viver" que comecei a escrever assim que pude digitar, em 2006 e aí ele meio que se tornou um diário, não diário...rsss, desses cinco anos que se passaram, minhas lutas, minhas muitas internações, meus pensamentos e principalmente um meio que achei de dividir com as pessoas coisas e situações que eu nunca imaginei na minha vida.
Eu prometi isso para mim mesma, e me dediquei, escrevi, procurei ajuda para fazer ele chegar às mãos daqueles que acompanharam tudo, de perto ou de longe e também aqueles que estão agora numa UTI pela primeira vez, como eu estive, passando por situações parecidas e se perguntando se e quando essas dificuldades vão acabar...
Não tenho prazos, nem idéia, mas tenho fé, de que essas pessoas assim como eu, lutem, lutem até o fim, e o fim é determinado por Deus, não importa qual ele escolha, cedo ou tarde, eu quero com o meu depoimento dê forças para lutar, forças de acreditar, forças de ter fé...
Fé na vida, numa força maior que te empurra, te carrega quando você não tem pode sozinho.
Eu agradeço demais tudo que passei, tudo mesmo e embora as sequelas sejam ainda difícies não posso me desfazer delas, elas são as marcas do que passei, da minha luta e da minha vitória.
Quando olho quem eu era e quem eu agora tento ser...nossa meu coração vibra!
E me sinto feliz, feliz de ter ficado viva e de tudo que lutei.´
Dia 07 de agosto, se minha mãe estiver bem, será o dia escolhido para entregar os livrinhos para meus amigos, familiares, e conhecidos e todos que rezaram por mim....e em troca leite em pó que será doado para instituições de caridade, para crianças que estejam precisando...espero que meus amigos doem não só o leite, mas que se sintam tocados para doar seu tempo, seu amor, o que tiverem para doar.
Por que fora da caridade não há salvação....
Nesse dia conto com meus amigos para cantar, falar poemas, apresentar teatro, ou seja para tornamos a minha virada de página, a minha despedida e agradecimento um evento, um SARAU À VIDA!
Estão todos convidados, quando eu tiver certeza do dia, do lugar eu coloco aqui e que você venha com o coração aberto preparado para viver boas emoções.

terça-feira, 8 de junho de 2010

A contra-capa

Terminei a contra-capa, deu um trabalho danado, como resumir, sem repetir, como passar a mensagem que quero, de tudo que vivi...
Afff.
O que quero que saibam é que estou aprendendo a viver, agora no caminho mais correto, mas tenho um medo danado de me desviar do caminho, por que, viver nesse mundo material, que te impõe vaidade, preconceito, impaciência, soberba é por demais perigoso.
Eu estou aprendendo a acordar, a não me iludir, a ser feliz sem motivo algum, principalmente os externos, mas a todo momento tenho que puxar a minha orelha, estar atenta e vigilante...dá um trabalho ser feliz por estar viva, tem dias que é natural, simplesmente acontece, mas tem dias que se manter nessa vibração é uma luta, um exercício.
Mas chegará o dia que terei evoluido e que tudo isso será natural, virá da alma...que assim seja.
Enfim, agora é tudo com o Dinho, terminar até o final desta semana, e depois gráfica...e pagar...aiaiaiaiaiaiaai.
Enfim, estou muito feliz de terminar, que o livrinho seja útil para algumas pessoas, ele é para mim muitoooo.
Tudo que está escrito lá é o que sou agora, no que me transformei depois de tudo que passei.
E essa frase que li num blog me toca bastante:
“A dor da gente precisa deixar de ser ostensiva para que não nos tornemos insuportáveis para o outro”.
Está chegando a hora da minha dor parar de ser ostensiva....mas como ela me foi útil.
Até dia 07 de agosto, quando você poderá ler e ter tudo isso em mãos...uiu.

Feliz

Hoje recebi opções de capas para escolher...
Nossa que delícia!
A escolhida é moderna, colorida, divertida se você quiser, mas ao mesmo tempo enigmática, um leque de interpretações, assim como a vida é, assim como eu sou....DIVIDIDA!
Nosso meu amigo Dinho que está diagramando, criando, deve estar com o saco cheio da minha pessoa, dá um trabalho do cão e não sei como agradecer a ele, a Nanda sua esposa que corrigiu, ao Deja que me ajudou a entender detalhes técnicos e briga por mim no valor, a Ana que me apoia e a todos que de forma direta ou indireta contribuiram para que meu sonho de fazer minha história chegar a mão de 1000 pessoas esteja perto de se concretizar....
Seja o dia que for, a hora que for, com quem puder estar presente, esse dia será mágico, esperado, imaginado, idealizado....
Preciso manter as expectativas pequenas, para não me decepcionar, mas só de realizar, de tê-los em minha mãos agora com uma capinha danada de bonita...vai ser realização!
Bom não vejo a hora da revistinha ir para a gráfica, e mais ainda vir para minha mãos.
Não vejo a hora da coisa concretizar...virar realiadade.
Em quanto é sonho ele pulsa dentro de mim, me cansa sua urgência, sua forma, seus detalhes...
Quando for realidade...
Quem é que sabe....

segunda-feira, 7 de junho de 2010

Sete erros que boicotam o início de namoro.

O Dia dos Namorados (dia 12) pode ser um tormento para quem está sozinho não por opção. Mas por que alguns não conseguem descolar um parceiro? Talvez seja algum erro de abordagem. O livro "Relacionamento Amoroso" traz, em dez capítulos, tudo sobre a arte de encontrar sua metade ideal e cuidar dela.




Escrita pelo psicólogo Ailton Amélio da Silva, doutor em psicologia pela USP (Universidade de São Paulo), a obra é fruto de sua experiência clínica e de pesquisador. Há mais de 20 anos, ele pesquisa relacionamentos amorosos e comunicação interpessoal



1. Não expressar interesse amoroso




Admiro aquelas pessoas que expressam claramente os seus interesses amorosos. É uma dádiva ter um pretendente que age desta forma. Estas pessoas, quando estão disponíveis e se encontram nas circunstâncias adequadas, mostram, verbal e não-verbalmente, a atração que sentem pelo parceiro. Esse tipo de manifestação coloca o relacionamento na perspectiva certa, ajuda a criar um clima amoroso, é lisonjeiro para o parceiro, eleva a sua autoestima, desperta esperança da reciprocidade de interesses e pode induzir o interesse amoroso. Quem se porta dessa forma também acentua seus próprios sinais de gênero (feminilidade ou masculinidade) e, segundo um estudo que foi realizado sobre esse tema, fica mais bonito (a).



Assumir os sentimentos é um ato de coragem. Aliás, nem coragem é: trata-se apenas de ver as coisas de forma correta. Não é coragem porque o risco é pequeno ou inexistente: todo mundo admira quem se porta assim e aquele que recebe a manifestação fica lisonjeado e com a sua autoestima lá em cima. Muita gente fica enrolado, disfarçando o que sente e fingindo que se trata apenas de amizade ou coleguismo. Muitas pessoas agem assim porque acreditam que não podem se "entregar de bandeja", porque essa forma de agir é depreciadora e que o outro vai ficar muito convencido. Não se trata de entregar. Pelo contrário, é uma maneira altiva de agir. Mesmo quando não há reciprocidade deste interesse, quem se manifestou sente-se bem porque teve coragem para agir e, mesmo na hipótese de não ser bem-sucedido, não vai ficar perdendo tempo por falta de iniciativa e fica livre para outras opções.



2. Iniciar um relacionamento com um parceiro que não está disponível



Existem três tipos principais de indisponibilidade para um relacionamento amoroso:



- estar seriamente comprometido com outra pessoa.

- estar passando por um processo de separação de um relacionário sério e duradouro.

- ter se separado recentemente de um relacionamento desse tipo e ainda não estar psicologicamente recomposto.



O início de relacionamento com uma pessoa comprometida pode ser uma maravilha. O amor em si já é excitante. Aquilo que é proibido pode se tornar ainda mais emocionante, pelo menos para algumas pessoas (existe uma teoria que afirma que o fruto proibido é mais gostoso). Depois de algum tempo, o preço desse tipo de relacionamento geralmente é muito alto. A posição de amante pode ser penosa. Por exemplo, os amantes têm que viver escondendo os seus amores - o medo de a relação ser descoberta está sempre presente; as datas e horários nobres serão reservados para o (a) parceiro (a) oficial. Devido a esse último motivo, os feriados, os fins de semana, o fim de ano e as férias são sempre um tormento. O casal de amantes geralmente passa a viver de esperança da vinda daqueles dias quando poderão finalmente ficar juntos. Tem que viver dessa esperança porque o presente não é satisfatório. Essa situação faz com que logo comecem a aparecer as cobranças, as culpas e as promessas de que tudo vai ser resolvido logo. Então o relacionamento começa a se desgastar.



Algumas pessoas acreditam que é mais fácil iniciar relacionamentos com parceiros que estão em um período ruim de vida e precisam de ajuda. Sentem que nesses casos têm mais o que oferecer. Aqueles que pensam assim podem ter problemas de autoestima ou são pessoas que querem parceiros de um nível tão alto que teriam dificuldades para conseguir quando eles estão em seus estados normais. Acho que é uma má estratégia tentar conquistar quem está desequilibrado e carente por meio da oferta de ajuda e apoio. É possível que quando esta pessoa finalmente voltar ao seu eixo normal, ela constante que não quer essa nova pessoa ao seu lado e que só ficou com ela porque estava alterado, carente e desamparado.



3. Iniciar um relacionamento amoroso com quem tem objetivo diferente do seu



Iniciar um relacionamento com quem tem objetivos diferentes dos seus é brincar com fogo. Quando uma pessoa declara um objetivo incompatível com o seu, é melhor não se relacionar com ela. Começar a se relacionar contando que a outra pessoa vai mudar é muito arriscado. O relacionamento, uma vez iniciado, começa a produzir envolvimentos e apegos, mesmo quando o lado racional desaconselha. Quando gostamos ou nos fascinamos por alguém que tem um objetivo diferente do nosso, ficamos tentados a acreditar que ele poderá mudar de objetivo, caso seja conquistado. Isso tanto pode ocorrer como não ocorrer. É uma espécie de roleta-russa.



4. Envolver-se ou comprometer-se seriamente antes de verificar se há compatibilidade com o parceiro



Muita gente se liga rapidamente aos parceiros amorosos sem conhecê-los bem. É uma espécie de "compra de impulso". É um ato de fé no parceiro que, infelizmente, pode produzir decepções e frustrações. As pessoas que costumam agir dessa forma são aquelas que têm muita facilidade para se apaixonar e para sentir atração sexual. Muitas dessas pessoas também "amam o amor". O parceiro "é só um detalhe" - a partir de alguns detalhes que gostaram no parceiro, idealizam o resto e se apaixonam. O amor já estava lá, armado na mente do apaixonado, esperando qualquer oportunidade para ser disparado.



O amor, ao contrário do que diz o ditado popular, não cega, mas faz com que os amantes percam as dimensões das coisas. O ditado que afirma que "O amor remove montanhas" é um exemplo desta distorção. O fato de os defeitos do amado parecerem menos importantes do que são é outro exemplo. Depois que a paixão diminui, as características do parceiro assumem as suas verdadeiras proporções. Aí as consequências podem ser grandes, caso compromissos já tenham sido assumidos.



5. Forçar o parceiro a agir de forma que ele não gostaria



Existem pessoas hábeis em manipular, que estão sempre forçando os outros a agir como elas querem. Por outro lado, também existem pessoas que estão sempre prontas para atender tudo o que se espera delas e vivem tentando agradar e, por isso, sempre acabam agindo de forma forçada.



Forçar a outra pessoa além da conta geralmente é uma má política. O outro pode passar a se comportar daquela forma apenas por medo de desagradar. Quando isto acontece, quem está agindo de forma simulada pode passar a evitar aquela pessoa na presença da qual ela não consegue agir de forma natural.



Alguns exemplos de comportamentos forçados são:



- falar de assuntos que não nos interessam muito.

- ficar mais tempo conversando do que gostaríamos.

- fazer programas de que não gostamos.

- gastar além das nossas posses.



6. Deixar de se posicionar como parceiro amoroso e se posicionar como amigo ou colega



Alterando um pouco a música de Adoniran Barbosa, poderíamos perguntar: "Estamos aqui para namorar ou para conversar?". Muitos encontros desandam porque os parceiros se envolvem com assuntos impessoais e se descuidam do clima romântico e da sedução. Quando isto acontece, ambos saem do encontro com a sensação, na melhor das hipóteses, que se encontraram com um amigo, que não houve química e que não houve atração. Em um encontro amoroso é possível falar de qualquer coisa, mas, caso o envolvimento com tais assuntos seja tão profundo e tão prolongado que deixe pouco espaço para a verdadeira razão do encontro - produzir, manifestar, e usufruir dos prazeres do clima romântico e sensual que são despertados pelo outro -, então o encontro realmente não foi de natureza amorosa.



Muitas vezes o clima romântico é despertado pela comunicação não-verbal: ao conversar sobre qualquer assunto, os olhos se encontram mais do que o usual, as mãos começam a se tocar, começam a aparecer olhares para a boca do parceiro e a voz se torna insinuante, por exemplo. Podemos ajudar o surgimento do clima amoroso simplesmente mantendo em mente a finalidade amorosa do encontro e não deixando que seu foco se desvie muito, ao ponto de virar uma reunião do tipo que teríamos com um especialista ou com um amigo para falar dos casos amorosos passados e de nossas doenças familiares.



7. Não mostrar aceitação e valorização do parceiro



Uma das melhores sensações que podemos ter em um relacionamento é sentir que somos apreciados e admirados. Sentir que nossa presença causa prazer, que o outro tem tempo para nós, que a conversa flui, que o outro perde a hora e adia compromissos por nossa causa. Tudo isso é muito bom. Sentir que somos admirados e que a outra pessoa entende os nossos motivos, valoriza as nossas realizações, apoiam os nossos motivos, valoriza as nossas realizações, apoia os nossos planos, é muito bom. Algumas pessoas, infelizmente, não demonstram tudo isso ao parceiro, mesmo quando sentem. Que pena!



E então? Transforme esses sete erros em sete acertos e seja alguém encantador e sedutor. Boa sorte!

sexta-feira, 4 de junho de 2010

Texto de uma amiga recebido hoje por e-mail....(não falo o nome dela por que não pedi autorização...rsss)...."Aprendendo a se fazer companhia"

escrevi este texto a primeira vez que sai sozinha...em barcelona;

...hoje acordei como a mulher decidida..independente, que saca aobolsa e sai por ai sem rumo...bem...lembrava um pouco de Barcelona...mas nao tinha ideia onde estava...comecei a andar...e a andar...depois da semana toda com chuva, hoje o sol apareceu...um pouco timidoconfesso...mas estava lindo...sabe...minha vida sempre foi uma loucura...jobs, faculdade, namorado,minha casa...enfim...sempre a mil e assumindo varias coisas...nao ter tempo...eh tao comfortavel...(imagine eu falando isto...hahaha...)nao ter que pensar em quem sou...o que quero......e agora tenho tanto tempo pra mim, que nem sei muito o que fazer epor onde comecar...neste momento escrevo de um restaurante...olhando pela janela e vendo duas meninas brincando na poca d'agua...parte que ainda restou das chuvas da semana...ali...sem perceber que as olho...e admiro...sua falta de preocupacao...autenticas...e incrivelmente alegres...posso ouvir o jazz e a musica espanhola que tem de fundo...ouco tambemos talheres e varios idiomas que circulam pelasmesas...descontraidos...ha espanhois, ha catalaes, ha italianos, ha alemaes (bom estes eu achoque sao...ja que nao enteno nada que falam...)...e todos com tempo...para beber o seu vinho...conversar por horas...sem que ninguem os faça sair dali...sem celular...sem transito...pelo reflexo da janela vejo uma igreja...umas bicicletas...as pessoas ali...tudo com tempo......acho que vou aprender a gostar disto...tic tac...tic tac...vou aprender a me fazer companhia... '


acho que a gente tem que ser mais menina...leve...e solta... feche todas estas portas...e abra todas estas milhões que estão te esperando... Muitos beijos!

quarta-feira, 2 de junho de 2010

Ira - Boneca de cera

VIDEO RETIRADO POR CONTA DA COBRANÇA DO ECAD CASO BLOGS POSTEM OS VIDEO S DO YOU TUBE.
MAS PROCUREM O VIDEO NO YOU TUBE E DELICIEM EM VER E OUVIR.


Eu sou completamente apaixonada por essa música, é uma das poucas que sei cantar inteira, desafinando claro...rsss, que lembro o nome, quem canta e tudo mais, isso é realmente inédito...!!!
Foi uma delícia achar esse video, por que, nunca mais ouvi essa música, acho que desde os anos 80...
Ela é a preferida minha e da minha prima e melhor amiga Dê...então pra nós matarmos saudade Dê....ouça!
Apesar que ela tem uma rádio e pode ouvir sempre que quiser...rsss
Agora mais do que nunca essa música tem tudo a ver comigo.
Acho que poucas pessoas conhecem, gostam, e guardaram na memória essa música....incrível...ela que diz tanto, mas não toca o coração de tantas pessoas....é um caso para se pensar...
Delícia ter ela aqui no blog para eu ouvir sempre que a nostalgia bater.
E com esses dias nublados, de feriadão acho que ela tem tudo a ver...
Espero que gostem de uma das minhas músicas preferidas..

BOM FERIADO

terça-feira, 1 de junho de 2010

Sem arraiar da Déa....mas com Sarau de agradecimento à vida...

Putz...putz...putz...
Não vai dar para rolar o arraiar da Déa em 2010, por alguns motivos:
Mamys que não está bem! Mas vai ficar...
Falta de grana! Affff
Medo da chuva! Rsss
E principalmente, por que, em agosto teremos o evento "Sarau do Agradecimento à Vida"...
Tenho que correr contra o tempo, chamar todo mundo que quero que dê uma palhinha, ver local, comidinhas, e tudo mais.
Além claro de preparar a revistinha, imprimir e pagar...(aiaiaiaiaia).
Mas vai ser danado de bom, como todos os arraiars que aconteceram aqui em casa.
Mas para matar a saudade:

2004
                                                        
                                                                            2005
2007



2009



A seguir cenas do próximo
arraiar da Déa 2012......