quinta-feira, 26 de maio de 2011

Fragmentos de amor.

Por motivos que só posso considerar destino, uma cartinha escrita pelo meu amigo Gustavo Neder, ficou perdida em casa, no criado mudo do meu pai, numa gavetinha, provavelmente dos tempos que fiquei de cama lá, logo que vim do hospital.

Um pena, era para estar no livrinho, mas de certo modo, acho que era para estar aqui também, então...




Nem preciso dizer o quanto me emociono com tudo que está escrito, não preciso dizer que a foto que cita é uma das minhas prediletas, eu estava feliz na foto por ter a presença surpresa de um amigo que considero um irmão para mim, do coração, de escolha, no meu aniversário, não preciso dizer que sou grata a Deus pela chance de continuar aqui, aprendendo, me emocionando, vivendo com pessoas tão especiais como Guga, que irá no dia quatro se casar.
É meu queridão AINDA TINHAMOS E TEMOS MUITAS EMOÇÕES PARA VIVER!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário