segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Para pensar

Moisés, Jesus e um velhinho jogavam golfe.

Moisés colocou a bola no pino e deu a primeira tacada; a bola caiu num lago.
Moisés chegou à beira do lago e, levantando o taco, as águas se abriram. Ele entrou, deu a segunda tacada e a bola foi diretamente para o buraco.

Na vez de Jesus jogar, a bola também foi parar no lago, mas caiu sobre a folha de uma vitória-régia. Então, Jesus caminhou sobre as águas, foi até a planta e deu a segunda tacada, mandando a bola para o buraco.

Aí foi a vez do velhinho.
Ele, todo trêmulo, preparou-se para dar a tacada inicial. A bola voou para fora do clube e começou a cair na direção de um riacho. Nesse instante, um sapo a engoliu. 
Pouco depois, uma cobra engoliu o sapo e foi agarrada por um gavião; a ave apertou demais a cobra que regurgitou o sapo ao sobrevoar o campo de golfe; ao cair, o sapo bateu com o peito no chão e cuspiu a bola diretamente para o buraco.

Ao acompanhar toda aquela cena, Moisés olha para Jesus e diz:

- Cara, é muito chato jogar golfe com o teu Pai...


"Quando as coisas não acontecem
do jeito que a gente quer, é porque vão acontecer melhor do que a gente pensa."

Nenhum comentário:

Postar um comentário