quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Programa Transição.

Domingo ou sábado assisti o programa Transição que passa na Rede TV.
Programa espírita que sempre gosto de ouvir.
Percebo que por mais que a gente saiba na teoria sobre muitas coisas, cada pessoa tem um modo de explicar, de interpretar, e às vezes alguma coisa dita, cabe perfeitamente no seu entendimento, às vezes as palavras utilizadas são verdadeiro néctar para nós, servem para aquele momento, para o patamar de evolução em que nos encontramos.
Fora que é preciso sempre alimentar nossa alma e fé, ouvir, ouvir, ouvir, até quando formos capazes de termos atitudes cristão e não somente ler e saber a teoria.
Se alguém te magoar, você já é capaz de dar a outra face?
Então é preciso ouvir 7 vezes 70 para um dia quem sabe ser capaz.
Infelizmente não anotei o nome da senhora que estava falando nesse programa mas ela disse duas coisas que tocaram meu coração
Ela usou o termo FELICIDADE ETERNA.
Eu vivo chamando de felicidade verdadeira, mas o que é ser feliz de verdade, é ter paz dentro da alma, não ser contaminado com nada nem ninguém de fora, nem com problemas, doenças, etc, que possam te abater, difícil, sim, extremamente, mas é essa felicidade que todos buscam, ou que nem sabem que existe.
Percebi que o termo que ela usou é bárbaro, ser feliz de verdade não é ter o carro do ano, que fica velho e ultrapassado, nem tão pouco é ter alguém do seu lado, já que às pessoas vão e vem em nossas vidas e até mesmo nossos pais, irmãos, maridos, amigos, se não partirem em outras caminhadas partirão em sua evolução provavelmente sem a nossa imediata companhia, felicidade não é ter casa, dinheiro no banco, pois quando a saúde nos falta nada disso é suficiente para nos deixar feliz, ou seja, a felicidade eterna é aquilo que a gente obtém para a nossa alma, é ser melhor, estar de bem com tudo e com todos, é sentir dentro do peito essa paz de espírito, o trabalho cumprido, o amor jorrando...é esse calorzinho aqui dentro que nada nem ninguém possam tirar de nós.
É estabilidade!
É ser dono dos seus sentimentos e da sua vida.
É seguir os exemplos de cristo para não sofrer demasiadamente.
Outra coisa que ela citou é o sempre mal famado "castigo de Deus" que é mal compreendido pelos os que não entendem a doutrina espirita, muitos acham que se vc faz algum mal numa vida passada, você vem nesta para pagar aquela divida, sim e não, sim por que não é Deus que lhe manda vir ser castigado, nós escolhemos vir e passar por dificuldades para moldar nossa alma, para melhorarmos, para conseguirmos seguir os exemplo de cristo.
É a lei do vida, a leí do Cristo, em quanto não conserguirmos segui-las não teremos evoluido o suficiente.
É assim, você deve ser humilde, mas não consegue fazer isso naturalmente, de alma, então, você pede para vir uma pessoa simples até que você aprenda, quando isso acontece, você fica feliz eternamente.
Em quanto você não consegue, você vai reencarnando, a seu pedido, em diversas situações que façam com que você exercite a sua humildade, até que ela seja uma coisa tão natural e sua que não precise mais ser testada.
Adorei as explicações dadas por essa senhora e não sei se eu soube passá-las a você, afinal, a forma como entendi pode ser diferente da sua, mas quis semear essa sementinha para um novo entendimento seu e meu.

5 comentários:

  1. Oi Déa,
    Adorei! Obrigada por compartilhar esse lindo texto.. tb costumo ver esse programa..

    ResponderExcluir
  2. Nanda querida...
    Que bom que gostou, às vezes a gente não consegue colocar palavras naquilo que tocou nosso coração, mas adoro repartir quando algo se abre aqui dentro de mim, quando há um novo entendimento.
    Beijocas,
    Déa.

    ResponderExcluir
  3. Oi Flor,
    Gostei muito de te conhecer.
    Vc sabe, que li este texto umas três vezes.
    Já sofri, e sofri muito com os problemas alheios.
    Hoje sofro menos,mais ainda sofro.
    Nunca me apeguei as coisas materiais,e também nunca tive ciumes de pessoas e objetos.
    sou muito observadora, e sei que tem muitas pessoas assim. E isso me deixa triste, por mais que vc tenta explicar, não adianta, a pessoa não consegue entender.
    É só a vida, pra poder ensinar.
    Te agradeço por fazer um cantinho tão especial.
    Vou vim sempre aqui
    Um enorme beijo, da sua mais nova amiga

    Andréa

    ResponderExcluir
  4. Oi Chará,
    Que bom que gostou, que bom que me contou que gostou..rss, que bom que me visita e lê as bobagens que posto.
    Temos que aceitar a evolução de cada um, e que cada serzinho que aqui vive tem seu jeito de amar e ser...difícil demais, mas a gente chega lá.
    Obrigada pelo carinho e palavras....
    Venha sempre, o cantinho é nosso.
    Outro beijo enorme.
    Fique com Deus
    Déa Prado.

    ResponderExcluir
  5. Nanda Querida,
    Obrigada vc pela visita.
    Beijos estralados.

    ResponderExcluir