quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Me diga o que carregas que te direi como é chic.

Gentiiii,
Tô doindinha por uma lancheira....
Eu levo lanchinho, saladinha no ICRIM e adoraria levar essas formosuras por aí quando o dia vai ser longo.

Deve ser por que meu pai me esqueceu no prezinho e perdi o copinho da minha lancheira laranja com cheiro de sanduiche de queijo e presunto (nunca mais sentido igual) e suco de laranja natural.

Frases inocentes e cheias de esperanças num futuro com princípe e viagens.

Eu passando um creme no rosto..

Bia acompanha tudo com seus olhinhos curiosos...

Pra que é esse Titia...

Eu sem tempo para explicar, falei:

É creme para velha...

Ela:

Mas você não é velha Titia, você é LINDA!

Eu não sei Titia, por que, você não tem um princípe, um namorado!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Morri de rir...

No carro ela me deu um desenho de um lado eu e um coração...


Do outro lado um castelo...

Eu brincando, continuando a história do creme.

Deve ser nesse castelo que meu princípe mora né Bibi?Deve ser por isso que ele demora para me encontrar, eu estou de um lado ele mora no outro.

É Titia vai demorar um pouco para ele vir, mas ele vem,  vai demorar um pouco, não muito!
Eu e meu coração enorme de um lado
E o castelo do meu princípe do outro...rss


(viu universo minha sobrinha é sábia, tem fé e esperança na vida, e acredita em princípes, pessoas do bem, que amam quem é LINDA, e tenho certeza que ela não vê só o externo, por que, ela sempre me diz que sou linda mesmo quando estou com cabelos enrolados, despenteada, desarrumada, ele me vê LINDA com seus olhinhos vibrantes e cheinhos de amor).

Já o Rafa me contando sobre seu presente de Natal que será um video game digital, ou alguma coisa assim, para isso ele está ajuntando o dinheiro.

Perguntei:

Quanto vc já tem Rafa?

ZERO REAIS TITIA!Rss

Quando contei a minha nova viagem, ele perguntou?

A partir de quando eu vou poder ir junto?

(Univeroso conspira a favro do Rafa e permita que eu ganhe dinheiro suficiente para levar ele e Bibi para viajarem comigo).

O pedido de presente da viagem é uma camisa do time do país que irei visitar...combinamos que ele irá guardar todas as camisas dos times dos países que visitei e que visitarei.

Delícia ser Titia e melhor ainda ser Titia linda.

domingo, 27 de novembro de 2011

Quando é o fim?

Gente,

Por que a gente deixa as pessoas comandarem nossa paz, felicidade e afins...?
Acho que talvez por que ainda somos deveras imperfeitos.
Por que amar incondicionalmente ainda seja um desejo distante.
Por que quando se pisa no nosso calo a gente já grita de dor.
Por que a gente tem pressa de que tudo fique como a gente deseja e nem sempre a nossa missão é fácil, indolor e silenciosa, na verdade os testes para nos tornar pessoas melhores batem de encontro com nossa teimosia, nosso egoísmo, nosso ego e se alojam justamente naquilo que nos tira do sério.
Desde que abriu um botequim na frente da minha casa, eu sei que é um teste pra minha paciência, pro meu amor ao próximo, para o meu entendimento.
Quando penso, não há espaço para tamanho ódio e raiva que sinto.
Eu não trabalho, posso dormir até mais tarde, tenho um quartinho que me serve de consolo e conforto nos dias mais barulhentos.
Mas a minha indignação é o meu direito ferido, direito de poder dormir no meu quarto, de não ter que ouvir todos os dias, todas as noites, essas músicas que eu detesto, ódio da picareta que pirraça, raiva de não ter seu espaço defendido.
Direito de poder ler, ficar no meu quarto em silêncio, tirar uma soneca no meio da tarde, enfim, curtir o quarto que deveria ser meu.
Eu peço muito a Deus que dê um final para isso, sei que existirá, afinal nada é para sempre, infelizmente o tempo de Deus não é nenhum pouco condizente com o meu.
Quero definições, quero ponto final, e quero agora.
Estou disposta a mudar, com dor no coração, se esse for o meu novo caminho, terei que me desapegar da minha casa, mudar, e toda mudança causa medo, desencontros, mas instiga a nos desapegar, a perceber que nada é para sempre, e que por mais que a gente diga que é, poucos são realmente.
Mas eu sei que me adapto, que sou uma lutadora, preguiçosa muitas vezes, mas firme no propósito.
Uma hora esse sofrimento irá cessar, só espero que eu consiga abrandar meu coração, perdoar, ser novamente dona da minha paz, espero que eu consiga ignorar, viver novamente a minha vida, pois, ultimamente ando muito desanimada de estar em casa, sinto-me acuada dentro da minha própria casa, sem um espaço meu, sem prazer de chegar em casa e esse sentimento é horrível, parece que não tenho mais casa, que não tenho mais direito de decidir onde eu quero ficar, o que quero ouvir...
Isso anda me angustiando e como todo problema, é pequeno para quem está de fora, gigante para quem vive e repetitivo, eu mesmo não aguento mais me ouvir falar a respeito, mas se não falo sufoco.
Um dia vai passar, eu sei, não é tão grave, nem impossível, mas degasta.
Sábio é o Zé quando me disse que a dor de cabeça de uns doem mais que o câncer de outros.
O picareta de uns incomodam mais que a picareta de outros, depende de como você administra o drama.
Eu ando levando zero nessa lição, mas sempre há tempo para reverções, espero que eu consiga.
Se você tem um problema que incomoda muito mais e que parece não ter fim junta-se a mim na corrente de oração para Deus iluminar uma solução e que você consiga manter-se centrado mesmo dentro daquilo que para vc parece ser um furacão.
Que assim seja!
A minha nova janela foi encomenda, demora para instalar, mas sei que ela é um palativo, que ela não tirará essa sensação de desgosto, de estar acuada, de me sentir desreipeitada. Tomara que ela consiga me ajudar a ignorar, como a Nani, do meu grupo de oração, me orientou.
Acho que é o melhor jeito, ignorar, por que, um dia passa...ou um dia uma nova solução aparece.

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Dica de depilação

Gente,

Uma amiga me indicou o Instituto Vanessa de Depilação e eu amei...
Muito mais barato que todos os salões onde eu já fiz, super prático, rápido e não digo indolor, por que, não é verdade..rss
Mesmo a perna é feita com cera quente e dizem que totalmente descartável (acreditemos), a cera parece que é uma especialidade deles, portanto, deve ser mais barata por isso.
Lá só se faz depilação, você pode ir com hora marcada ou não, o que é um alivio para os dias que vc percebe que é a mulher macaca e precisa se transformar em mulher de novo.
E o preço é bem camarada, pelo menos para mim, se alguém descobrir um lugar mais barato aínda, avise!
Não tenho nenhum interesse em divulgar, somente é uma dica para as amigas da gentiii.
Segue o site:
http://www.depilacaovanessa.com.br/

Eu não gosto de falar no telefone

Tem gente que ama falar ao telefone...
Que veste o telefone e vai com ele até no banheiro...
O telefone passou a ser um extensivo das pessoas, cheios de aplicativos, de informação, internet, GPS, e nem sei mais o que..
Ele te leva, te compra, te distraí, te rouba da vida, do presente, dos que te cercam.
Sempre tive pavor de gente que saí com a gente e fica falando ao telefone, teclando, agora está cada vez mais impossível.
Quase não vemos as pessoas, para ir na casa de alguém é preciso um esquema digno de chanceler...rss e convenhamos quando se está aí do ladinho, ser ignorado...aff.
Tudo bem receber um telefone urgente, ter que responder alguém que vc está combinando alguma coisa, mas, por favor, já foi difícil encontar o tempo certo para a gente se encontrar, e que nos encontremos de verdade então.
Eu descobri que eu não gosto de falar no telefone, quando alguém fala vou te ligar, meu coração palpita..rss, sério, tem coisa obviamente que são super necessárias serem tratadas pelo telefone, mas outras...
Eu prefiro muito mais uma conversa olho no olho!
Eu sei tem horas que não dá, e o jeito é papear no telefone, é justo, mas não é a forma que mais gosto.
E quando não dá que seja rápido, por que, telefone para mim é para ser prático.
Agora que estou surdinha, é super importante que as pessoas que falam comigo no telefone sejam prática, claras, sem rodeios, se para eu encontrar alguém tal horas em tal lugar, digam:
Déa, às xx horas na rua tal..
E repitam para certificar que eu escutie..rss
Não me expliquem que vão sair, pegar o carro, passar na academia, deixar no estacionamento da rua tal...etc...
Isso só me confunde mais, eu faço um esforço danado para entender e quanto mais ruídos houver mais chances há de eu ir para na rua do estacionamento..rss
Eu cá do meu lado preciso aprender a perguntar, por mais chato que seja, até que eu esteja realmente ciente do que me foi dito, que eu tenha não somente escutado, mas compreendido.
Ufa...
Por favor, não há necessidade de informar no face onde vc está, com quem, nem tem urgência em postar a foto de vc onde está exatamente naquele momento, ouça quem está do seu ladinho, por que, na maioria das vezes quem está do seu ladinho é a pessoa mais importante para vc naquele momento.
#falei#

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Convite BAZAR BENEFICENTE DE NATAL DO ICRIM

Gente,
Neste sábado (26/11/11) tem Bazar (produtos novos) no ICRIM...das 09h00 às 16h00.
Rua Loefgreen, 1427 - Vila Clementino.
Todos convidados!
Este ano não estarei por lá, mas eu e Tetê deixamos coisinhas bonitinhas preparadas para vocês...
Beijos.

domingo, 20 de novembro de 2011

A a...parecida.

Hoje logo cedo eu e mamys estavamos de pé para irmos no Curso gratuito oferecido pelo Parque Villa Lobos sobre os cuidados e plantio de Orquídeas.
Essa é a flor preferida de minha mãe e eu sou apaixonada por todas elas.
O curso é uma delícia para quem gosta, Sr. Trisca que dá a aula é uma figura amada, tipo Papai Noel com sua simplicidade e sabedoria numa mistura que é a glória para mim.
Gente que ama o que faz, que faz com amor, animado, cheio de vida, alegria em pessoa.
Tudo explicadinho entre piadas, histórias e declarações de amor.
Ele chama todas as mudinhas de amiguinho.
Uma fofura.
O bacana é fazer o curso mesmo que dura três horinhas, das 10h00 às 13h00, mas posso dividir algumas coisas que aprendi, a minha interpretação (vai que entendi errado..rsss, afinal até hoje eu só plantei uma arvorezinha e com ajuda e ainda tem o problema de não escutar direito, se tiver qualquer nome errado dêem um desconto para a sua amiga vai?).

O dilema da rega, é pegar o vaso se ele estiver pesado não precisa regar, se ele estiver leve (seco) deve-se regar, isso varia de planta para planta e até de vaso, já que o vaso de barro é o mais indicado no caso da orquídeas, pois o de plástico retém mais o calor no verão e no inverno retém a água, o que faz com as raizes apodreçam.(quando o vaso for de parede, ou grande, usar o bom senso de visualizar as folhas e sua vivacidade, além do conhecido colocar a mão e sentir). (Sr. Trisca falou para regar com carinho, mas com bastante água, senão a planta fica com sede, quem só coloca um copinho..rss).

Flor amarelada, excesso de sol.

Quando a sua orquídea não der flor durante muito tempo (algumas demoram anos para florir) pode ser que ela esteja na sombra ou precisando trocar o material (terra, adubo, etc).

Entre maio e setembro não é indicado fazer mudas, nem mudar de vasos, etc, pois é frio.

Não se deve dar muda para a vizinha, sobrinha, galinha...rsss, quando ainda tem flor, espera a flor morrer daí tira-se a muda, dependendo da especie há o jeito certo de tirar a muda demostrada lá no curso.
Mas a Phalaenopsis a mais comum que a gente vê por aí, deve-se CONTAR de baixo para cima, quatro nozinhos e cortar, deste galho nascerá uma nova muda. (isso fica melhor explicado no curso, visualizando-se).
Há alguns casos porém que o nozinho da nova muda está abaixo, então, deve-se cortar um pouco acima dele.


A rega tem que ser feita na folhas e galhos, procurando-se evitar molhar a flores, com delicadeza, de preferência com regadores. Sempre no começo da manhã ou no final da tarde, nunca no sol das 12h00.

Para evitar a proferação de pragas, etc, é feito a cada 25 dias uma rega especial com
Oleo de Nim (1 tampa)
Adubo Peter (1 colher de café)
Água (1 litro ou mais, encher o negócio de espirrar...esqueci o nome).

Lugar mais adequado para as orquídeas é claridade (não sol excessivo).

Quando as folhas estão com manchas pretas separar das demais plantas e desinfetar com a espuma de sabão de côco, com o vaso virado na horizontal para que essa mistura não caia no caule, na terra e raiz.
Caso ela não melhore, arrancar as folhas mais atacadas.

Todos os substratos encontrados fartamente devem ser guardados e misturados para a plantação, como pinho, resto de xaxim, folha, terra preta, etc.

Quando as raizes estão para fora, significa que o vaso está pequeno para aquela planta e ela deve ser mudada, pode-se separar quando ela tem mais de quatro a cinco bulbos, ou apenas coloca-las em um novo vaso maior.

Os vasos replantados lá foram feitos dessa maneira (muito mais facil de entender, vendo lá no curso pessoalmente..rss):

Cascalho de telha no tamanho adequado para o vaso (geralmente um dedo de espessura).
Fibra de côco (vendido por uma japonesa especialista, eles dão o telefone no final).

Para fortificar essa plantação ele coloca num cantinho do vaso uma mistura de:
Farinha de osso (40%)
Torta de mamona (60%)
E faz essa aplicação (demostrada no curso..rss) a cada 2 meses.
(evitando a época do inverno).
Pitada conforme o tamano do vaso (1 pitada, 1 punhado, 1 dedo..rsss...).

Não comprar xaxim que está em extinção.

Ele ensinou a colocar um pedacinho de bambu bem pertinho da fibra de côco perto de onde inícia o caule da planta (visualizado no curso).
Ensinou também a colocar um bambu maior para segurar a folhas na direção certa verticalmente (alguma espécies), amarrada com barbante (daqueles sacos de farinha da padaria), com cuidado e delicadeza.

Todos os vasos de fibra de côco devem ser deixado dentro da água por 2 dias e só depois utilizar para plantar as plantas.
Quando os vasos são ganhos já com a planta dentro ir molhando para ele manter a umidade.

Aquela placas de fibra de côco que geralmente colocamos na parede devemos fazer um furo em cima para ajudar na retenção da umidade e colocar a mistura de posinhos para que elas fiquem mais bonitas.
Ele demostrou como prender a muda da orquídea com os palinhos de bambú, um charma, sustentabilidade pura..rs.

Demostrou também um saco plástico com Esfarino para aquela mudas, pedaços de plantas que achamos que não vai para frente, etc, como um berçario ou UTI, depois de recuperadas essas mudas podem ser replantadas, mas neste caso também é melhor ver no curso para entender.
Essa mudas são mantidas nesse saco plástico fechado, transparente para que você possa ver, só com Esfarino (tipo de musgo) durante 6 meses, pendurado em alguma parede, por um preguinho.

Bom eu fiz uma listinha de alguns itens básicos no cultivo das orquídeas que foram demostradas no curso:
Pedaços de telhas
Óleo de Nim
Adubo Peter ou outro
Fibra de côco, indicado por eles.
Matelinho para fincar os bambús

Pá para mexer, etc.
Tesoura para podas, ajeitar o fibra de côco, etc.
Bambú (ele demostrou como obter por meio daqueles que são comprado com folhas) comprido para amarrar e manter as folhas na vertical
Bambú pequeninnho para enfiar na fibra de côco perto do caule da orquídea.
Vasos de diversos tamanhos de preferência de barro ou vasos de fibra de côco.
Barbante para amarrar as folhas feito de saco de farinha que encontra-se em padaria para comprar.

É isso minha gente, adorei aprender essas coisinhas, por que, amo as plantinhas e todos sabem do meu desejo master de ter um lugar especial aqui no meu quintal, um lugar para eu sentar depois de um dia de almoço e curtir a beleza que há em simplesmente observar a vida.
Recomendo o curso e fiquei completamente apaixonada pelo Sr. Trisca, quase o agarrei para dar um beijo, mas me contive..rss.
Quem curtir não perca, são dois dias por mês, no final a gente planta a nossa própria mudinha e leva para casa, eu tive a ajuda do Rafa, o biólogo que lá trabalha, outro fofo, espero que ela viva e que seja a primeira de muitas que irei plantar.
 
A...A...parecida

Plantas dão trabalho, são quase um animal de estimação, custa um pouquinho, mas me dão um prazer imenso, fora que é uma terapia incrível.
Se você também curte não deixe de conferir esse curso, ok?
Os dados estão no site:
Agenda cursos parque villa lobos

sábado, 19 de novembro de 2011

Quem avisa amigo é...

AVISO

Se você estiver como a amiga da Denise Fraga (no texto da revista Lola deste mês) que respondeu para uma amiga quando esta estava na padaria lhe mostrando mais um bolinho delicioso que ela deveria experimentar:

"Por favor, não me apresente mais nada que eu tenha que evitar!"

Não leia este post...rsss

Gentiii,
Sexta eu e mamys fomos na farmácia de auto custo buscar minha medicação imussupressora, que faz com que eu não rejeite o rim doado pela minha tia.
Já contei aqui que o "carma" de mamys é bater papo até com poste, onde quer que ela vá e imaginem lá cheinho de transplantados e velhinhos (que adoram papear) não seria diferente...rss
Conversamos com uma senhora que tinha acabado de fazer transplante renal, ela mora em Minas, e vem todos os meses pegar a medicação, fazer exames, passar no médico, ou seja, esse controle que nós transplantados precisamos.
Os danados dos meus olhos, claro, enxeram de lágrimas quando ela me contou que após ver vários amigos da diálise morrerem na máquina ao lado dela, ela só pedia a Deus que isso não acontecesse com ela.
Ela fez diálise por 8 anos e isso abala meu coração, não que eu seja contra a diálise, não mesmo, mas é que percebo nesses momentos o quanto Deus foi benevolente comigo e com minha mãe.
Fazer diálise todo esse tempo, esperar um doar na fila, ser picada três vezes na semana com agulha quatro vezes mais grossa de quando a gente vai tirar sangue, não poder viajar, planeja, sonhar com o futuro...
Realmente não é para qualquer um não.
Eu passei quatro anos passando muito mal, quando vejo minhas fotos dessa época eu pergunto a mim mesma como eu ainda tinha forças, é engraçado que o que a gente demostra para as pessoas é o que elas enxergam, eu não gostava de reclamar, me arrastava, mas sempre ia de algum jeito naquilo que me convidavam, e era assim que as pessoas me enxergavam, ativa, com forças, mas a verdade é que eu sucumbia...
Meu terapeuta sempre dizia: " Déa se você acha que falta um pedaço do seus dedos é assim que as pessoas enxergaram, mas apartir do dia que você não ligar para isso, elas também não ligarão".
E é assim para tudo...
Bom conversa vai, conversa vem, com muitas dúvidas da nosso nova conhecida sobre o transplante (eu já uma veterana..rss), sobre queda do cabelo, as veias que estouram, a medicação, a barriga e o papo do pescoço por conta da cortisona....e claro a fome e a gula que temos por conta da medicação, o desejo absoluto de doces.
Ela queria saber se tinha algum Extra ali por perto, pois, ela queria levar um panetone trufado do supermercado Extra que era uma delícia, melhor que o da Cacau Show.
Bom bastou esse dica para as minhas lombrigas (lupita...sim ela tem nome..desde criança), se assanharem e eu encasquetar que tinha que ir lá comprar o danado..rss
Hoje eu comprei e minha nossa é bom mesmo, eu recomendo, baratinho (R$ 11,00) e uma delícia.
Dou a dica por que talvez vc seja como eu, que é mega desconfiado dessas coisas de mercado, mas ohhh vou te falar, não é melhor que a da Cacau show, mas tá no paréo..rss...ótimo para presentear os conhecidos (se quiser fazer bonito coloque numa embalagem bonitinha e a delícia está garantida).
Amanhã ou segunda voltarei no Extra para comprar meus panetones de presente, um para meu sobrinho, afinal o Rafa é doido por chocolate.
Ele só não ganhou do da Cacau, por que, o da Cacau tem as frutinhas, o que dá uma briguinha que adoro entre o azedinho e o doce, mas é só isso, o chocolate do panetone do Extra é bem gostoso, semelhante ao das lojas mais caras, tem nozes em cima e é bem molhadinha também, não tem frutinhas, mas matêm o gostinho do azedinho delas, enfim, provem e comprovem.
Já adicionei na lista das coisinhas que devo evitar com moderação, afinal, depois de anos sem vontade de comer, agora com a vontade readquirida é um pecado passar vontade.
Tomarei cuidado para não virar uma bola, mas me recuso a recusar as delicias de estar viva!

 

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Sonhos feitos a mão ou na máquina de costurar?

Hoje eu fui no ICRIM, no meu trabalho voluntário, trabalhamos muito e hoje tem cursos para as mães das crianças e adolescentes que são atendidos lá.
Eu acho o máximo, admiro demais as professorinhas que lá vão dedicar seu tempo, seus bolos, doces, chás e abilidades para ensinar seu próximo.
Elas são tão delicadas, tão amorosas, com as mães e com as crianças, elas levam gulosemas para o café da tarde e pintam e bordam divinamente.
Dá vontade de comprar tudo, simplismente para ajudar, infelizmente meus ganhos não permitem, mas meu coração fica cheinho de amor ao vê-las atuar.
Hoje meus olhos encheram de água, uma das mães (vários filhos) chegou na aula com a tropa (que fica lendo, brincando no quartinho destinado a eles) e suas criações, bonecas, toalhinhas, pano de prato, enfim, tudo que ela criou de sua própria cabeça com materiais que temos em casa, ela mostrava para a professora que a elogiava por sua criatividade e seus olhos brilhavam.
Lá ela não era a Maria Ninguém, lá naquela hora ela era a moça criativa, cheia de idéias e capaz de transformar papel higiêncio em boneca.
Mas meu coraçãozinho ficou apertado mesmo quando ela comentou com a professora que tinha feito toda a costura a mão já que ela não tinha máquina de costurar.
Juro, se eu tivesse dinheiro, naquela hora eu a levaria para comprar a máquina de costura, para que ela costurasse seus sonhos sem que eles pudessem se quebrar facilmente.
Ahhh sonhos quem não os tem?
Sonhos quem os realiza?
Sonhos que são perseguidos com determinação?
E você corre atrás dos seus sonhos? E quando não tem máquina costura a mão?
Queria fazer uma vaquinha para comprar a máquina para ela, mas não seria justo comprar apenas para ela, teria que ser para todas as mães do curso.

Fica essa idéia no ar....

Quem sabe eu acho um jeito de concretizar...

Vou correr atrás, e se for um desejo forte do meu coração, o universo conspirará a favor...


segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Frases inocentes de muito tempo atrás.

Aproveitando as frases dos meus sobrinhos, os dias que compartilho com eles, lembrei que eu falava quando eu estava chorando ( o que acontecia muito).

Eu dizia que estava caindo milagre dos meus olhos (poética..rsss).

Frases inocentes em português.

A última do final de semana com Bibi:

"Titia coloca o filme na língua da gente"

RSSSSSssss

domingo, 13 de novembro de 2011

Frases inocentes e desconcertantes do feriadão.

Bia em casa pintando desenhos da I-Carly.

"Pintei igualzinho, o cabelo da XX é dessa cor, o do XXX é castanho e da Carly é castanho".

"Essa cor é loiro Bibi."

"Não Titia é amarelo"
Bia disse: tira titia meu desenho todo mundo vai ver que eu não sei pintar (por causa do risco fora do desenho).



_____________________________________________________________________

"Tia quando o Papai do Céu morou aqui ele era Papai da Terra?"

______________________________________________________________________________

Meu pai socorrendo a minha cunhada com o carro estragado, Bia junto, vendo ele fazer tudo de perto.

"Vô ainda bem que você é mecânico profissional"

"Sabe Vô quando eu tiver em turnée eu vou te levar comigo, vou te dar ingressos para ver o meu show....etc e etc.....(até que ela olha para ele, pensa bem e solta: ) Isso é né Vô se você estiver vivo até lá".

_______________________________________________________________________________

Bia comendo o Cup Cake que fiz...

"Hummmm eu gostei muito, você que fez?"

" Sim Bibi eu que fiz"

"Mas foi você que fez a primeira vez, você que fez a receita?"

Na verdade não fui eu que fiz, eu copiei..rsss.

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Apresentação apetitosa.

Gente,
Eu adoro festas, receber em casa, inventar moda.
E uma das coisas que mais adoro numa mesa são a forma como as comidinhas são servidas.
Acho lindo.
Vi várias idéias fáceis na net, essa amiga poderosa da gentiii.
Vou dividir algumas imagens (tenho várias) por que lembro de onde colei, as demais tenho medo de colocar aqui e ser acusada de roubo de imagem..rss...mas a verdade é que vou copiando as imagens para usar como idéia...e depois esqueço de onde foi a cola..desculpe!
Bom as duas primeiras eu vi no Face do Açúcar União, que copiou de um sites gringos, e fala que coisa mais fácil de se fazer e de comprar, qualquer lojinha de 1,99 e taram sua mesa linda e colorida:
http://www.centsationalgirl.com/2011/03/diy-colorful-dessert-stands/?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed:+centsationalgirl/cHAf+%28Centsational+Girl%29

 Eu não gostei dessa corzinha aí não, mas da idéia, dá para você pintar da  cor que quiser, inventar a moda que sonhar.

http://blog.craftzine.com/archive/2008/09/how_to_terra_cotta_cupcake_sta.html?CMP=OTC-5JF307375954 
A outra foto, perfeita para um chá, eu vi no blog Casa da Chris:
http://casadachris.uol.com.br/blog/index.php?id=1624








Eu adoro esses que desmontam, ou que são baratinhos, pois confesso essa fixação por pratos de pé alto são lindas, mas difícil de guardar no armário..rss..haja espaço.
Eu tenho um que desmonta rosa, que tem para vende na loja da Casa da Chris e em outros lugares.

Dá para fazer com vidros retos e vários suportes que façam com que eles fiquem mais altos, vale a criatividade e as idéias mirabolantes, acabei de imaginar em cima de vasos virados com a boca para baixo...
Dividam suas artes...eu adoro!
E lembrem-se também comemos com os olhos, amo!

Preparadas para o natal que se aproxima?

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Todo final de ano é dia de Bazar.

Gentiiii,

Começou a correria de final de ano, não falo mais que vou, não me comprometo, senão já viu...

Vai ter bazares:

Em São José da Rita do Blog: Bazar da amigas. 
Na Marina colega de ICRIM, só para amigas e conhecidas.
Na Teresa colega de ICRIM, só para amigas e conhecidas.
E no ICRIM se não me engano dia 26/11/2011 (Vou confirmar direitinho e aviso vocês...), esse totalmente aberto ao público.

Quem gosta?

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

O meu carma

O meu carma é levar as pessoas para onde elas querem ir, de carro.
Lembro um dia que eu trabalhava e já tinha carro, mas ia de ônibus trabalhar e estudar, São Paulo alagou de certa forma que quando cheguei na rua de baixo da minha (moro no alto, depois de subir uma subidona) não tinha como passarmos, ficamos no ponto eu e uma menina que nunca tinha visto na vida, quando de repente um homem muito estranho chegou no ponto, eu fiquei assustada e quando fico assim (intuição) eu saio andando..rss, e foi o que fiz, isso sem antes oferecer carona para a moça para que ela não ficasse à sós com o homem.
Ela aceitou, subimos até em casa, tirei o carro da garagem e levei minha amiga até sua casa.
Depois que fiquei doente eu sou oficialmente a motorista da minha mãe, dos meus tios e de quem mais precisar, parece até que Deus foi conduzindo tudo para que eu virasse "Conduzindo Meus familiares"..rss
Tem uma velhinha que mora no final da minha rua e já contei que para chegar a minha rua tem que subir uma subidona ingreme mesmo..., praticamente 90 graus.
Ela fica no começo da subida, com sua sacolinha e faz sinal para os carros daqueles a quem ela chama de "amiguinhos" e eu sou uma delas, já perdi a conta de quantas vezes eu subi com ela, e de quantas vezes ela ficou na porta da casa dela esperando alguém passar para levá-la para o Postinho, Sacolão, etc...rss...e lá vou eu..
Também perdi as vezes que trouxe duas vizinhas e suas compras, sempre, em horários diferentes eu as encontro no Carrefour perto de casa, às quartas-feiras.
Já teve dia de eu falar, mãe vamos correndo, esse horário as vizinhas já devem ter ido e voltado, tudo por conta da pressa e quando eu estou passando as compras eu viro para trás e lá estão elas, justamente nesse dia elas resolveram ir em outro horário, rss.
Eu claro, rio para Deus, para minha mãe, respiro fundo, sento e espero minhas queridas vizinhas passarem suas compras e subimos todos nós, de carro, felizes, eu faço questão de deixá-las em frente de seu portão, ajudo a descer as compras e volto para casa gargalhando.
Teve dias também de eu ir no postinho perto de casa tomar injeção quando ainda não tinha feito o transplante, aquela dolorosa que eu tinha que tomar duas vezes na semana, uma chuva desaba, uma senhorinha e sua filha com um bebê de colo estão na porta desconsoladas com a chuva, meu coração padece, pergunto onde moram, dizem que é perto dali, ofereço carona e assim, lá vou eu de novo, o agradecimento é sempre caloroso, agradecido, desconcertante, causa um certo desconforto, pois é tão grande perto de algo tão pequeno.
Mas o mais inusitado recentemente foi eu parada numa sombrinha, esperando minha mãe passar no médico e me ligar para ir buscá-la, próximo ao oficina do meu pai, eu lá lendo meu livro sossegada, quando aparece um garotinho na minha janela e enfia a cara dentro do meu carro, cara a cara comigo.
- Tia, você pode me levar até aquela esquina (de uma subidona na pompéia), é que estou com meu pé machucado e não posso andar muito e preciso ir na casa do meu amigo. (desconfio, esse tá querendo moleza..rss)
(olho pelo retrovisor e outro garotinho envergonhado está na espreita).
Eu falei que tudo bem e perguntei:
- É só você ou seu amigo também vai?
- Meu amigo também.
Fiz sinal os dois entraram no banco de trás e os levei até onde eles queriam ficar.
Voltei para minha sombrinha e estou lá.
Quando vejo eles descerem o morro, um apoiado no outro e aquele que falou comigo mancando.

Sorrio por dentro e continuo minha leitura.
Dali a pouco surge ele novamente:
- Tia vc pode me levar até a outra rua, é sério, é a última vez, vc sabe não estou conseguindo andar direito.
Agora já intima dos meus amiguinhos, mandei entrar e lá fomos nós de novo.
Um deles tocou no meu ombro, como se fossemos super amigos e levei um susto, ele também, envergonhado pediu desculpas.
Deixei-os em seu destino e ao sair ambos falaram:
- Obrigada Tia...Deus lhe pague.
Sorrio de novo e penso comigo Deus sempre me paga, a mim e a todos.
Já recebi muitas caronas, algumas inusitadas como essas que lhe contei, e sou muito grata por todo bem que me fazem, amigos e desconhecidos, por que, todos nós somos caminhos, pontes, caronas, ouvidos, sorrisos, aperto de mão, ajuda, na vida daqueles que nos cercam, somos com certeza anjos sem asas (AINDA!)...

Bonitezas indispensáveis

Gentiiii,

Ontem jantar numa pizzaria linda na Vila Mariana, chamada Pedal, eu já conhecia a da Pompéia e se eu já achava incrível a decoração lá na Vila Mariana meus olhinhos vibraram.

Climão para quem vai acompanhado do cobertor de orelha e lugar inusitado para quem vai com a trupe!
Nem me meto a discorrer sobre a arquitetura local, deixo minha amiga Dani, linda e LAURA (depois de duas taças de vinho eu troco mais ainda as coisas..rss) do blog Gardesn Of My Life falar lindamente e arquitetônicamente por mim:
Pizzaria Pedal
Faz algum tempo eu vi uma amiguinha do ICRIM com um gelzinho de mão que ela trouxe dos EUA que eu amei, ela me trouxe de presente dois que acabaram sendo dados para minhas duas princesas a Bia e a Maria (quem resiste ao pedido das crianças), então quando soube que minha outra amiga arquiteta iria novamente para Miami pedi a ela que se encontrasse a loja da Bath & Body (concorrente da Victoria´s Secret) que ela trouxesse para mim.
E ela trouxe, vários tubinhos, uma delícia, esse gel é tudo..rss, eu fiquei super encanada com vírus e bactérias após uma básica infecção generelizada...rss, como não quero mais esses serezinhos habitando novamente meu corpinho, eu vivo lavando às mãos, cuidando do que vai à minha boca (inclusive batons alheios, etc), levando meu kit manicure e passando gelzinho quando não posso lavar as mãos.
Esse é um luxo, colorido, com vários aromas e hidratante, deixa nossas mãos macias e com cheirinho bom várias horas após você ter aplicado, eu recomendo.
Outro que foi a Jú coincidentemente que me deu é do Boticário de Erva Doce, um kit com gel e hidratante, muito bom também.
Bem agora que estamos todos alimentados de bonitezas e limpinhos, vamos em frente com o nosso dia.

ohhhh registrei

terça-feira, 1 de novembro de 2011

Presente para você.

Nas 10000 visitas você que lê meu blog e gostaria de ganhar esse maravilhoso depoimento..rsss.
É só deixar um recadinho neste post, os cinco primeiros irão ganhar o livrinho "Aprendendo a Viver", para isso só é preciso morar no Brasil e me seguir ...rsss

Fragmentos de amor.

Deus mostra coisas na nossa vida nos momentos e lugares mais inesperados, tenho aprendido isso todos os dias. Hoje recebi visitas vinda dele. Chegou o livro da Andrea Padro, o meu autografado e o outro que vou dar para uma pessoa também muito especial. Deia! Quando comecei a ler, não conseguia parar, precisava porque estava ocupada e queria ler com calma, mas não consegui. Sei que ainda vou falar muito dele por aqui e nas minhas outras redes. Agradeço a Deus por ter colocado você na minha vida. Obrigada Senhor!
E a tarde estiveram aqui em casa a Cris, seu sogro e a Marisa, foi outro presente de Deus, mais um. Ganhei esta caixinha linda com estas velas perfumadas feita por outra pessoa especial que com certeza ainda vou conhecer pessoalmente.
Obrigada Senhor por me abençoar tanto, sempre achei que não merecia o teu amor, e hoje vejo o tanto que me amas e sou merecida desse Amor. Como diz a Déia "Sorrio para Deus e mais uma vez compreendo o seu recado." Beijo pessoas maravilhosas do meu Face. Tenham um ótimo final de semana.