quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Fragmentos de amor

Déa....como disse antes, estava muito ansiosa para ler seu livro. Tenho certeza que vc deve ter ouvido isso que vou te falar milhares de vez....me emocionei demais com sua historia, vc da uma verdadeira lição de como devemos encarar a vida. Se todos tivessem a força e a fé que vc tem para passar pelas maiores dificuldades, com certeza o final seria diferente para elas. Eu agradeço do fundo do meu coração de vc ter compartilhado um pouco da sua historia comigo, e agradeço a Deus e a A por ter me dado a oportunidade de te conhecer, uma pessoa iluminada por Deus. Você ´pode ter certeza que sempre estarei rezando por vc e que vc continue essa pessoa maravilhosa que é...mesmo tendo pouco contato contigo, torço muito por ti...Beijos e fique com Deus e mais uma vez obrigada por compartilhar essa historia de superação comigo.

4 comentários:

  1. Oi Déa, é a Vi, esse comentário é a pura verdade, seu livro é ótimo e uma lição de vida, pois as vezes ficamos lamentando por bobagens.
    Quanto aos cabelos, também temos cabelo bandido, não aplicamos muita química,Pepa fez umas luzes, mas ressecou o cabelo que já era bandido, agora só colocando camisa de força nele..
    Creio que muitos dos problemas de cabelo são hormonais, e como nós mulheres vivemos com os hormônios oscilantes, sofremos com nosso cabelo.
    Muitos beijos,Vi

    ResponderExcluir
  2. Oi, gatinha!!!
    Tou eu dívida com vc mesmo... Mas li (não, devorei) seu livro e amei, tanto que emprestei pra uma amiga muuuuuuito precisada (daquelas que choram por unha quebrada, sabe?).
    Com as histórias das festas de fim de ano e da mudança, não apareci por aqui pra ver suas coisinhas.
    Quanto ao cabelo, calma que tudo se resolve uma hora ou outra. Não extressa que com essa sua carinha linda ninguém "vai ponhá reparo" no seu cabelo.
    Eu, maravilhosa e poderosa (KKKKK) abri mão do meu cabelo, agora só "joãozinho, cortado com pente 2 da maquininha.
    Buenos Aires, hein??? Que os ares sejam ótimos pra ti.
    Abraços de urso procê.

    ResponderExcluir
  3. Vi querida.
    Voltei de Buenos Aires, venha dar uma lidinha nas dicas, pois, Pepa me disse que sonhas em conhecer..rss
    Obrigada pelas lindas palavras ao livrinho...fico feliz que tenha gostado.
    Nós e os cabelos...além dor hormonios fica a dica transplantadas sofrem com a medicação, caí, resseca, até o cabelinho de mamys que era liso agora virou bandido..rss (ela também é transplantada renal).
    Mas fazer o que né?
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Fala Sil...gatona...
    Querida não está em divida não, quanto a que? Rsss
    Adoro a galera do empréstimo do livrinho...vibro...sempre imagino que ele está nas mãos e na hora certa, daqueles que precisam ler, não por que sou um modelo a ser seguido..não mesmo, mas para que sirva de força...
    Não estresso não com a cabeleira, são anos de cabelo ruim..rsss tô acostumada.
    Já tive cabelo joãozinho, agora com o aparelho eu prefiro um pouquinho maior para dar uma disfarçada quando não me quero me sentir exposta.
    Tô contando as novidades de Buenos, venha dar uma lida se quiser.
    Beijos imensos flor...
    Obrigada pela visita.

    ResponderExcluir