sexta-feira, 30 de março de 2012

A Alegria que contagia.

Tantos pensamentos me tomam a mente!
Divago entre o ser e como chegar lá.
Me cobro, desdobro, aceito.
Hoje já sei melhor quais são meus defeitos e em contrapartida sei da dificuldade em moldá-los, mais ainda sei que mesmo quando tenho razão, era pra não ter, por que, atitudes cristãs não é reagir assim ou assado quando se tem razão e sim ser benevolente, aceitar a dificuldade alheia, ser tolerante, não diminuir, nem julgar o nosso irmão, dificílimo!
Mas já estou tendo a consciência e não quero ter mais razão, eu quero não julgar, não agir pelas emoções, mesmo que corretas, eu quero amar incondicionalmente e ser ferramenta, que com carinho e delicadeza transforma o meu irmão e não marreta na cara dele.
Faz alguns dias que ando lidando com algumas emoções que moram aqui dentro de mim, e que apesar de tristes, pois remetem à época em que eu estava doente, também enchem meu coração de amor, estou editando as gravações do Sarau à vida que aconteceu em agosto de 2010 e cada uma das pessoas que estiveram lá para dar seu depoimento irão ganhar de recordação a parte delas.
Foram três horas de emoção, e tem sido horas de emoção para mim, ver e reviver tantas coisas lindas que foram ditas, sentidas e divididas nesse dia.
Percebo o quanto sou abençoada nesta vida e o quanto eu não percebia isso.
É tanto amor!
Esse dia foi muito especial, a energia contida neste dia, as três horas que tantos queridos passaram ali comigo, ouvindo, vibrando, curtindo cada agradecimento, cada homenagem, cada som, cada presença, as emoções a flor da pele, o amor saindo pelos poros.
Que coisa boa estar cercada de tanta pessoas especiais, dignas, tementes a Deus.
O Sarau foi realmente especial, inesquecível, e único, não haverá outro tempo como aquele, não haverá a junção daquelas pessoas, serão sempre lembranças, dessas deliciosas, que enchem nosso coração, mente e lábios de alegria.
Hoje foi dia do meu grupo de oração se reunir, outro bálsamo para a minha alma, fazia dois meses que não ia, janeiro por que passei o dia com meu tio no hospital, e em Fevereiro eu estava voltando de viagem, me perdi no dia, e meio que me entreguei, mas a verdade é que eu eu precisava me recuperar espiritualmente nesses meses para não contaminar as vibrações, e Deus é tão perfeito que eu voltei na hora certa, alguém dúvida?
Foi mais uma noite de aprendizados, de luz, de emoções e de responsabilidades.
Ouvir minha mãe orar por mim e sentir a presença do meu anjo da guarda são alegrias que explodem no peito, dessas que eu chamo de felicidade verdadeira.
Que cada um dos amigos, familiares, conhecidos, possam ter recebido hoje, especialmente hoje essa energia maravilhosa de ser feliz por estar viva.
Eu pedi por vocês...por mim...por nós!
E tenha certeza que Deus sempre nos ouve.

Nenhum comentário:

Postar um comentário