quinta-feira, 10 de maio de 2012

Feliz dia das mães

O dia das mães está aí e tem muitas homenagens, textos lindos, saudades esmagadoras, e tantas outras coisas...
Eu aqui reflito o quanto eu era chata com minha mãe, o quanto eu a perturbava e magoava com minhas birras e ataques.
Justo ela que sempre esteve ao meu lado.
Tinha ciúmes do meu irmão e uma birra com ela que hoje quando lembro doí meu coração.
Mas quando fiquei doente, tudo mudou, percebi o quanto minha mãe me amava e o quanto ela tentava se aproximar de mim.
Lembro do meu terapeuta dizer que a vida estava nos dando uma nova chance de estarmos próximas, de compartilharmos carinhos, aproximações, superarmos faltas da infância.
Minha mãe sempre me amou e eu sempre amei minha mãe, mas permiti que a critica e uma energia negativa nos afastasse durante algum tempo, embora o amor sempre tenha sido presente e ela tenha sempre sido uma grande companheira.
Depois de ficar doente, toda essa energia se foi, eu mais do que nunca precisei dela, do seu amor de mãe, do seu carinho e da sua proteção.
Virei um bebê novamente e voltei literalmente para o colo de minha mãe.
Hoje a beijo, abraço, digo que a amo todos os dias de minha vida.
Não vou me prolongar no texto, mas quero dizer que minha mãe é a pessoa mais importante para mim neste mundo, hoje sei que ela ama a mim e a meu irmão de formas diferentes, por que, somos diferentes, porém, o tamanho do amor é exatamente igual.
Magoar a minha mãe é atingir a mim, se hoje ela se cala quando isso acontece, é como no texto lindo que a Vi do Tacho da Pepa fez (http://www.otachodapepa.com/2012/05/um-exemplo-de-vida.html), é, por que, minha mãe é uma mulher sábia, inteligente e cristã, não consigo ainda ser como ela, mas tenho esse exemplo dentro de mim.
E para a alma mais importante dessa minha existência...um sorriso dela....para a netinha dela...(Bibi que a fotografou).
E para todas as minhas amigas, parentes, e conhecidas que são mães, vocês são todas a sua maneira perfeitas, amo conviver com tantas almas especiais com quem aprendo tanto. Parabéns a vocês por esse dia, e por se esforçarem para criarem seres humanos dignos.


9 comentários:

  1. Oi Déa, é a Vi,chorei...pois me lembrei que quando fiquei doente minha mãe amarava o cardaço do meu tênis.., agora são lembranças que muitas vezes causam dor no coração.
    Eu e Pepa até evitamos entrar na net nesse dia.
    Mas amei sua homenagem, seu carinho.
    O móvel ficou legal, pena que não ficou exatamente como queria, mas é vivendo que aprendemos, temos que esclarecer os mínimos detalhes.
    Muitos beijos,Vi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vi,
      Estou de molho querida, por isso, só a respondo hoje, caí, torci o pé feio e fiquei duas semanas de cama...afff..hoje melhorzinha...
      Pois é essas lembranças são doloridas, mas cheinhas de amorrrr verdadeiro, de mãe, o melhor que há....
      Imagino o quanto deve ser difícil para vocês queridas, mas sabemos que Deus tem seus propositos em nossas vidas e sei que vocês apesar da saudade de sua mãezinha viveram plenamente o amor com ela e isso é o que importa não é não?
      O móvel ficou do jeito que eu queria sim, só a porta eu imaginei lisa e ela veio ripada...enfim, são detalhezinhos que a gente não presta atenção na hora de pedir e que seria bom, mas nada que tire meu sono..rsss...é melhor esclarecer tudo..rss...
      Outros beijos queridona.
      Fique com Deus.
      Até mais.

      Excluir
  2. Tomo minha parte na homenagem - atrevida, eu - e mando muuuuitos abraços com beijos pra mulher que teve força para ter o mesmo bebê duas vezes sem esmorecer. Sei que vc a recompensa todos os dias com uma mor imenso.
    Veos isso no seu texto. Que Deus continue abençoando imensamente vcs duas e todos os que te rodeiam.

    Abrações.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza Sil, vejo o quanto você fala bem dos seus bebês...
      As coisas lindas que faz para eles, pro amiguinhos, enfim....
      Mãe delícia de ter....
      Pois é minha mãe me carregou no colo a vida toda..rsss..
      É a alma que mais amo nesse mundo, sem ela não sou nada.
      Amém...a todos nós.
      Beijos grandes.

      Excluir
  3. Que linda homenagem, mas quando li o seu livro vi o quanto esse amor era sobrenatural, coisas que só mãe pode fazer e que nunca a gente será capaz de compreender até ter nossos próprios filhos, ou passar pelas lutas da vida e perceber que esse amor é supremo !!!

    Amei e emocionei, para variar, srrsrs

    bjus 1000 lindona !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gatona,

      Eu também me emocionei demais como texto da Vi sobre a mãezinha de vocês...
      Minha mãe é parecida nesse troço de educar, de não proteger, se eu estava errada ela não passava a mão na minha cabeça de jeito nenhum...rss
      O que é difícil de fazer mas é o correto.
      Não tem essa de é meu filhinho não..rss
      Pois é, esse amor é incondicional.
      Com certeza ela é a pessoa que mais amo nessa vida e mesmo que case, acho que só se tiver filhos irá superar...RSS
      Beijos Pepinha e obrigada pela visita.

      Excluir