sábado, 19 de maio de 2012

Nos tropeços da vida

Meu povo minha pova!

Eu torci o pé há duas semanas atrás e estou de molho, ainda doí, mas cada dia me sinto melhor.
O estrago foi feio, a foto é feia, mas é para vocês terem uma "loção" do estrago.

Sente o drama!!!
Esse é um lado o outro está melhorzinho, então, vou poupá-los...rs
Tudo isso me faz refletir sobre os meios que a vida tem de nos ensinar lições.
Eu voltei para a cama, precisei de auxilio da minha mãe para o banho, para me dar comida, do meu pai para me levar aos lugares e exercitei mais uma vez na vida a minha paciência, sim, por que, só a gente faz as coisas como nós mesmos...
Cada um tem seu ritmo, sua ideia, seus gostos e suas prioridades na vida.
E embora a gente tenha a nossa opinião e jeito próprio e devemos sempre seguir o nosso caminho, a gente tem que respeitar as diferenças.
Exercício do mais difícil.
Aprendi a desacelerar, a esperar, a aceitar o que me trazem e a sentir demais falta de companhia, do sol, dos amigos, do ir e vir, de tomar conta da rotina que a gente cria.
Tive alguns momentos de chatinha (mais ainda do que sou), mas tenho percebido cada vez mais o meu controle, ainda não natural, mas pensado e refletido..rs.
Confesso que venho pensando há muito tempo atrás a acabar o blog, por vários motivos, por que acho que nada se cria tudo se copia, por que, muito do que posto não é relevante, por que eu adoro escrever sobre o que penso e sinto e isso acaba me expondo.
Acho (oh eu aí de novo.rs) que temos que ser fieis aos nossos sentimentos, no entanto, quando eles não são capazes de acrescentar, de modificar, de gerar energia positiva, é melhor nos calarmos.
Qual é o jeito certo de nos comunicarmos?
Exercício diário de vidas inteiras.
É preciso saber escrever, falar e agir.
Muito tempo na cama para pensar e refletir.
Fico com dó de acabar o blog, por que, tem muitas partes dele do qual eu gosto muito, como a parte que conto as coisas dos meus sobrinhos, acho que vai ser bacana quando eles forem maiores lerem as delicinhas que eles falavam e faziam.
Ainda não estou preparada para eliminar o blog, ainda não sei se controlo esse meu jeito de escrever sobre as coisas que penso, ainda não estou, mas acredito que essa hora chegará, ou no minimo o blog irá se transformar em algo diferente, mas não sei até que ponto isso seja possível, pois talvez esse diferente não seja o meu jeito.
Em quanto não me decido, ainda de cama, continuo pensando, refletindo e aprendendo com os tropeços da vida.



6 comentários:

  1. Pelo amor né... nem pensar em acabar com o blog, eu ADORO e provavelmente outras pessoas se identifiquem muito.. entao #ficablog...rsrs... melhora logo e escreve o que quiser... ADORO!!!! Bjs, Clau

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Clau linda...
      Acho que você e mais alguns amigos leem o blog, daí se quiserem eu mando textos no e-mail diários para vocês..rss
      Ainda penso a respeito, mas faz tempo que penso assim, e quando chegar a hora talvez eu realmente acabe, não só com o blog, mas com Face, Orkut, etc, ou melhor acabar talvez não seja o termo, mas aprender a me comunicar corretamente com todas essas ferramentas, ando pensando muito no que elas fazem com a gente...rsss....egos, orgulho, necessidade de mostrar coisas, pensamentos, quem sou...afff...é uma coisa para se refletir...Mas conversamos pessoalmente sobre esses e outros temas...te amo florzinha...será que o blog é realmente útil?
      Beijos

      Excluir
  2. Nãnãninãnãoooooooo!!! Está proibida de acabar com o blog!

    Sem mais!
    Beijos!
    Bijú

    (Estou de mal e emburrada até falar que essa idéia boba passou e não tem volta!)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda não posso dizer isso Bijú...sério...
      Ando pesando algumas coisas que essas ferramentas "interneticas" fazem e interferem na nossa vida..rss
      Egos, orgulhos, necessidade de mostrar coisa, pensamentos, quem sou...enfim...é tema para analise..rss.
      Mas vou pensando, ainda não consigo, mas quem sabe ele se transforme...
      Mas de qualquer forma, meus leitores fiéis e amados nunca (chic ter hein)..rsss..os abandonarei, vou encontrar um meio de acertar o passo e a escrita...rs
      Beijos imensos.

      Excluir
  3. Hum!Hum!Nem pense em acabar com o blog, é por causa da dor no pé que você esta pensando assim, pode ver!!!rs
    Se esta com receio e afins, é só escrever primeiro e deixar pra postar depois, assim você revê o que acha que deve ser visto e o que não deve.
    Aproveita este tempo de cama e faça crochê, tricô, leia vários livros, pesquise muito na net etc...
    bjsss

    ResponderExcluir
  4. Oi Sherol....
    Rsss...não é por causa do pé não..rsss.
    É por um monte de coisas que essa cabeça maluca analista vem pensando...
    Ego, necessidade de mostrar, de se mostrar, necessidade de dar opinião..rss, ter razão..rss, enfim...
    Tem toda a razão é preciso pensar, deixar, esfriar a cabeça e só assim postar...
    Minha artesã sábia...
    Uma beijoca e obrigada pela visita.

    ResponderExcluir