sábado, 27 de outubro de 2012

Coisas de mim parte - SETE, OITO, NOVE

Como estou um pouco atrasada no projeto objetos que me representam e fiquei devendo mostrar o teto "luxcho" e o lustre "Phino" sobre a minha cabeça, vamos de três objetos de uma vez...rss





E os objetos da semana são: O rebaixo de gesso que criei + o lustre + o papel de parede

Por que:
O gesso foi rebaixado na sala toda e criei uma especie de caixa em cima do rebaixo da sala toda, demarcando o espaço da sala de jantar e um rasgo que faz com que a iluminação indireta cause um efeito aconchegante.

O lustre de cristais pendente quase relando nas orquídeas ou vasos que costumamos colocar na mesa dá um efeito lindo nas paredes o que faz com que pareça que estamos jantando a luz de velas..rs
Bibi minha sobrinha viver repetindo que só sentaremos na sala de jantar em ocasiões especiais..rs

E o papel de parede que na foto ficou mais forte do que é, me lembra bem de longe a técnica de pintura de Monet que tanto amo, de flores pinceladas sem forma definida, adoro borrões que se transformam em formas. (ás vezes só na nossa cabeça)
Lógico que não é uma representação dos quadros deles, mas em todas as lojas que eu ia eu falava: "é um que parece uma pintura de Monet" e confirmando o meu delírio todos os vendedores sabiam que era esse o que confirma que não sou só eu que viajo na pinceladas.
Amei esse papel, são flores que amo, romantico, tradicional e ao mesmo tempo moderninho pois são cores fortes que fogem daqueles papéis de florzinhas delicadas, são várias, muitas cores, enfim...me representa muito.



Onde:
Na sala de jantar ligada a sala de estar.

Para você ver os outros objetos que me representam e o começo desses posts é só ir aqui:

http://www.semespacoparalamento.blogspot.com.br/2012/10/coisas-de-mim-parte-vi.html


Ou no marcador: Objetos que me representam...

3 comentários:

  1. Oi Déa, é a Vi, ficou um luxo sua sala, tudo especial, inclusive o papel, sua sobrinha tem razão.
    Lendo eu post caminho, fiquei pensando, as vezes mesmo tento tudo perfeito encontramos limitações que estão dentro de nós, que muitas vezes são piores do que as exteriores pois nos incapacitam muito mais, vencer o nosso interior, tudo aquilo que nos aprisiona, nos limita, é essencial.
    Muitos beijos,Vi

    ResponderExcluir
  2. Que chique !!!

    O papel parece mesmo um Monet (no seu caso um monezão, srsr Tá foi infame, rsrss)

    Adorei o lustre e o recorte no teto... digna de revista !!!

    Bjus 1000 querida

    ResponderExcluir
  3. Pepa e Vi...
    Só vi agora os comentários...affff
    Tô perdidinha...sem tempo queridonas.
    Obrigada viu.
    Não parece um monezão..rss
    Obrigada fofuchas...

    ResponderExcluir