quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

2013 interesses

2012 se foi....
Apressado como ele só.
Nem deu tempo de sentir sua falta.
Sim o ano foi de dificuldades, mas apesar de tudo, foi um ano de conquistas, de aprendizados, de determinação e foi para mim um ano de "ajeitar", sabe quando a gente veste uma roupa, puxa de um lado, se ajeita dentro daquele espaço, essa é a definição para esse ano.
Um ano em que me ajeitei as circunstâncias, aos caminhos que a vida me indicou, a uma nova rotina, a coisas que infelizmente eu não posso mudar.
Estou me exercitando muito psicologicamente e emocionalmente para ajeitar as situações que não gosto, ao barulho que me incomoda, as pessoas que muito falam e pouco acrescentam, aos meus pre conceitos, as minhas caretas quando algo me chateia, aos pensamentos que me arrebatam dos quais eu não quero sentir mais.
Percebi que estou muito fechada, que perdi uma grande parte de exaltação à vida que eu tinha latente em mim, estou fechada a novos relacionamentos amorosos, descrente talvez, mas nem um pouco deprimida por isso, eu também estou ajeitando isso tudo aqui dentro de mim.
Mas não posso demorar muito...quem controla o tempo... quem deleta o passado...quem foca no presente....e tem fé no futuro.
Sei que as escolhas que eu fizer agora, serão as sementes que colherei em 2013, 2014..e por aí vai.
Posso escolher viver só e morrer só, essa verdade absoluta!
Ou posso escolher, me iludir (por que não?) e viver acompanhada (num compromisso de almas) e morrer só, porém, com a alma cheia de amor de todos os tipos, jeitos, tamanhos e demostrações.
A verdade é que eu quero me emocionar de novo, quero me expor, expor quem eu sou, desse jeito torto e adoravelmente sensível, confuso, e muito mais complicado pelo turbilhão de uma doença grave.
É EU QUERO MAIS!!!
Como?
Ainda vou descobrir...
...2013 novos interesses...
Eu quero me abrir mais, ser quem eu era, para me tornar quem eu devo ser, numa mistura boa entre nada vai acontecer com tudo pode acontecer.
Também vai ser (eu afirmo) o ano que eu quero perder menos tempo me importando com aquilo que eu não posso mudar, ajudar, ou interferir...rs
Aliás não ouvir direito tem seus benefícios...rs..chega de ouvir bobagens, maldades, coisas que não me interessam.
Foco total no que interessa, como a música lindíssima do Lenine que eu nunca tinha prestado atenção...

Aliás eu quero prestar mais atenção ao que interessa, estar cercada de quem interessa, focar no que interessa, no que me dá prazer, no que faz meu coração sorrir, o que me exalta e faz a vida valer a pena, apesar de todas as dificuldades que criamos.
Que 2013 só apareça na minha vida o que interessa, ou seja, O INTERESSANTE! E que eu possa ser o interesse de um milhão de gentes...rs

Nenhum comentário:

Postar um comentário