segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Os incontroláveis delírios de uma labirintite.

Faz mais de uma semana, eu estou de cama, literalmente entregue à morpheu, à TV, à nada...
Isso me deixou mais deprimida ainda.
Sim ando num momento na minha vida de aceitação do que tenho para hoje e o que tenho para hoje é aceitar essa repetição maluca da vida, acordar, trabalhar (seja para ganhar dinheiro ou para ajeitar as coisas da sua casa e da sua vida) comer, dormir e começar tudo de novo, muitas vezes completamente só.
Dias comuns, sem muitas alegrias, a não se a alegria diária de ter acordado, trabalhar, comer e dormir, e entre essas coisas tolas, tomar banho sozinha, comer sem passar mal, ler, respirar sozinha, dançar, ouvir uma música bonita que te emociona mesmo que seja por meio artificial de um aparelho auditivo, ouvir alguém dizer que te ama embora ela não tenha muitas atitudes que comprovem isso..rs
E daí tem dias, assim tolos e comuns, que acontecem coisas mágicas, que te fazem amar a vida e sua repetição maluca.
Um prêmio por você aguentar todos os dias essa repetição maluca.
Hoje se Deus baixasse aqui eu perguntaria:
Por que você nos criou? E precisa ser tantos? Qual o intuito disso tudo? Dessa repetição? Tá nos tornarmos melhores, mas pra que? Rs
Pode ser que você ganhe um presente, assim inesperado - Sim eu ganhei um presente lindo hoje, mas vai ficar para um outro post.
Pode ser que você descubra que tem mais uma doença para administrar, sim eu também descobri isso hoje, e que em meio a várias coisas chatas que a médica lhe disse, a que martelou na sua cabeça é que você não parece tão mal, sim ela te disse que tem pessoas que ficam tão mal nas crises que não conseguem nem viver direito.
E eu rio...e me pergunto o que é viver direito?
Percebo que Deus, essa figurinha na minha vida dosou tudo certo na minha vida, é um pedacinho dos dedos, um tiquinho da audição, um rim, uma labirintite mediana, um colesterol ruim, mas que não precisa da medicação.
E apesar de continuar em crise de labirintite, de estar achando essa vida meio sem sentido, eu me alegro pelo meu lindo presente de hoje, por ele me fazer recriar a esperança dentro de mim, e me alegro de ter descoberto que essas crises não são psicológicas...rs

E para que saibam, todo mundo que tem perda auditiva, tem labirintite, em maior ou menor proporção.
Sim está declarado mais uma coisinha fofa para eu administrar em minha vida.
Coisa chata essa, perder o controle, não conseguir sair da cama nem para tomar banho, comer, não ver graça nenhuma no computador, na TV, não conseguir sair, sentar, sorrir.
A médica me deu dois remédios para curar a crise, que devo tomar por trinta dias, e depois outro para tomar por quarenta dias para prevenir outra crise.
Todas essas medicação precisam do aval da minha medica nefrologista, aguardo ansiosa para que os meus dias voltem a ser repetições tolas sem tontura.
A médica me disse também que precisarei controlar:
Os doces (oi?)
O Stress
Dores na coluna
Colesterol

Ela só não disse que tenho que controlar a vida, por que, isso é incontrolável.




6 comentários:

  1. Oi Andréa, é a Vi,tem dias que acordamos assim, cheio de querer saber porque existimos, porque disso, porque daquilo, e tem dia que estamos tão em paz, que parece que temos todas respostas e que não precisamos saber de nada..
    A vida é assim,uma roda gigante, girando, uma hora estamos bem, outras nem tanto, e isso em todos sentidos da nossa vida, o aprendizado é saber dosar, para poder ter equilíbrio nos momentos difíceis da vida.
    Não seja tão exigente com você, não pense que você tem que fazer algo e esta perdendo seu tempo..há tempo pra tudo debaixo do sol, se o seu tempo é de ficar na cama, procure usufruir disso da melhor maneira possível.
    Que esse mal estar passe rapidamente..
    Beijos,Vi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É Vi...tem esses dias...
      Ando "xatiada" rss
      Mas vai passar.
      Momento deprê...faz parte....daqui a pouco encontro as amigas blogueiras e tudo melhora...ou pelo menos dou risada...rs
      Pois é esse tal do equilíbrio cafifou na minha vida...ainda mais com a crise de labirintite..rs
      Verdade...aproveitei meus dias de Deusa...rs

      Uma beijoca flor...tô melhorando...
      Liberada pra comprar os remédios, amanhã começo a tomar.
      Lovo you
      Inté Setembro...ops...daqui uns dias.

      Excluir
  2. Oi li o seu post e fiquei pensando é muito difícil vermos um alguem sem uma doença para controlar ou tratar... então não se sinta diferente.
    Apenas pense que tudo ira se resolver e melhorar é so seguir as recomendações.
    E se sentir triste, os porques faz parte da gente também faço isso.
    Saiba que choro e depois passa, as vezes fico uns dias triste e ai up levanto e digo chega... kkkk
    Rezo sempre para ter forças para suportar tudo. beijos e sempre estarei aqui

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Querida pelo carinho imenso.
      Pelas visitas...por ler as bobagens que escrevo..rs
      Eu sei passa...
      E já já passa.
      Tem tanta gente pior né?
      Faz parte uma coisa que aprendi foi que temos que respeitar nossos momentos de dor...eles fazem parte da vida...e não devem ser negligenciados.
      Uma beijoca imensa.
      Déa.

      Excluir
  3. Déa querida,

    Terminei seus meiões. Escolhi uma cor que eu gosto. Espero que você goste, também. Você quer me mandar seu endereço inbox no Face?
    Torcendo e rezando pela sua recuperação,

    Beijos,

    Eneida

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Genti...olha esse comentário...
      Posso com uma coisa dessas?
      É muito amor.
      Já entrei em contato com a fofa, linda e amada Eneida...
      Es em breve posto meus meiões que eu nem sabia que tinha ganho.
      É muito amor.
      Nas nuvéns.
      Com certeza vou amar as cores.
      Com certeza vou amar.
      Já mandei endereço inbox (a gente num era amiga...que coisa...rs).
      Obrigada.
      Mil beijocas.

      Excluir