quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Ser Paulistana

Eu tenho um foco de vida...
Que é aproveitar melhor a cidade que vivo - São Paulo.
São Paulo é caro, e qualquer saidinha você gasta gasolina (trânsito), estacionamento, entrada, comidinha, café ...
Mas descobri ao pegar um mapa para uma prima que passou uns dias por aqui que tem muitos lugares de Sampa que eu nunca fui.
Portanto tenho procurado aproveitar melhor a minha cidade, eu ando sumida do blog, mas prometo (?) contar mais rapidamente sobre minhas andanças, mas segue um resumão de por onde andei nesse ano de 2014:

Fui conhecer o Butantã Food, no Festival do Hamburger que teve em Maio e almocei com mamys lá no dia do niver dela e adoramos a experiência, o bolinho dela foi esse maravilhoso Cheescake, ela amou e eu amei proporcionar isso à ela.



Minha amigona Clau estava aqui na cidade e fomos dar uma volta pela Mega é claro, ela costura, faz artesanato e eu fui acompanhá-la e xeretar. Acho a feira cara, a maioria das coisas tem nas lojas, às vezes até mais barato que a feira, no pinterest e na net tem ideias para ocupar uma vida, mas sempre é válido o passeio.


E teve copa, eu assisti a maioria dos jogos em casa, só vi a abertura no niver de uma amiga querida...o povo aproveitou a Vila Madalena os bares, mas essa não é minha vibe atual...rs. De cultural na Copa só o 7x1...rss...Histórico.

Fui na exposição do "Os Gemêos" famosos irmãos que começaram nas ruas e hoje ganham galerias no mundo todo, adoro o colorido, o jeito brasuca, e essa tela é minha preferida,que representa muito pelo que passei, a transformação que me fez ser outra pessoa dentro de mim mesma, meu sonho é ter essa tela. (alguém me dá? rsss)


Fui convidada pela minha ex chefe para ir assistir seu novo show.
Foi uma noite de descobertas mágicas, sobre o que sinto a respeito da música, minhas emoções, minhas escolhas, me senti viva como eu era antes e ao mesmo tempo que senti saudades entendi algumas coisas que apesar de obvias nunca tinham passado pelo meu coração, foi hora de deixar uma parte muito boa de mim morrer de verdade e compreender que como na tela acima existe outra Déa nascida da velha, mas novinha em folha, foi um momento de: a paz invadiu o meu coração...
Fiquei muito feliz com o convite e embora eu tivesse revisto minha ex chefa na casa dela num almoço na copa estar lá no show, revendo a equipe com quem trabalhei durante 7 anos foi inesquecível e agradeço muito a minha Ziriguidum pelo convite tão carinhoso nas duas ocasiões.



Como todo ano teve muitos aniversários, casamentos (eu até peguei um buquet..rs), viagens, bares, almoços, visitas, festas do meu grupo de amigas blogueiras que se reúne uma vez ao mês (quase) e sempre tem festinhas caprichadas, decoradas, gostosas, e cheinhas de amor. As donas da casa moram no meu coração com vista para o melhor de mim, espero sempre ter essa porta aberta pra mim...assim como a da minha casa e do meu coração estão pra sempre aberta para elas.
Ano que vem vai ter um encontro aqui em casa, um churras e já estou contando os dias para recebê-las com todo amor com que elas me recebem.
Teve piquenique de 09 anos, o último, e foi bacana ter ido pessoas que nunca tinham ido nos anteriores, assim pelo menos (quase) todos os amigos foram no piquenique em algum dos anos que comemoramos dessa forma, mas agora chega...rs

Fui em Setembro no Panela na Rua, outra feirinha gastronômica, agora fixa às quintas, eu adoro, adoro essas coisas com ingredientes diferentes, gourmets ou não, que eu adoro experimentar. O milk shake da Kombosa, o vinho do Los Mendozitos, risosto, Hamburger, Só coxinhas (delícia), brigadeiro.





Em Outubro, fui no evento no parque do Ibirapuera, no Giro pela Vida, mas fui na última sexta e devido ao trânstio....ehhhhh  SP...rss...cheguei em cima da hora e não consegui andar na roda gigante...fiquei muito frustada, mas sentei no parque, com minha mãe e uma amiga e morremos de rir de mim e da minha frustração, da minha reação ranzinza por não ter ido na roda, mas ver o parque de noite foi uma das coisas que eu não tinha feito em Sampa ainda e foi divertidíssimo, super recomendo, aliás, o parque fica aberto de noite....


Em Outubro voltei no Panela na Rua, com outra turma querida de amigos, nos divertimos muito, e o mais legal é estar de novo rodeada de gente que amo tanto. Novas experimentações, agora o Pizza na Caveira (delícia), galetas mexicanas, Só coxinha de novo, Los Mendozitos de novo e sempre, e tantas outras coisinhas que não lembro...

Em novembro fui no Holi Festival, um festival indiano. Foi muito bacana, divertido, fiz dois amigos queridos cariocas na fila e voltei pra casa colorida dos pés a cabeça além do coração.

Desde que meus amigos começaram a estudar no Macunaíma, não perco uma de suas peças, agora todos formados a diversão é garantida...rs, todo ano vários deles estão atuando em algum lugar, e esse ano fui de novo ver meu amigo Ton Prado, a quem chamo de primo...rs, atuar na peça: "Não sou bistrô" http://www.ingressorapido.com.br/evento.aspx?ID=36401
Convidada por eles, me diverti, ri, me emocionei e adoro ver essas estrelinhas lindas brilhando por aí.






Finalmente conheci o Masp na Paulista (vejam que Paulistana eu era...rs).
Num dia que era gratuito (o último...sou dessas), e vi obras lindas um quadro do meu pintor favorito (um dos) Frans Post, com minha parceira de andanças (que topa tudo...rs) a Mone.

Tinha escultura de Rodin : A eterna primavera (que na hora eu pensei que fosse o Beijo..rs)


E no andar de baixo fotografias, vejam só, da cidades, o olhar dos fotógrafos das cidades:

A 25 glamurosa


Os arranha-céus em que vejo o mapa do Brasil nas nuvens (E você?)


Fotografias (foi até 30/11/14) : Cidades invisiveis

 (sem previsão de encerramento) Obras do acervo - O triunfo dos detalhes

(sem previsão de encerramento) Obras do acervo - Passagem por Paris

(sem previsão de encerramento )Obras do acervo - Deuses e Madonas


Andando pela Paulista (que delícia que é fazer isso à pé) encontramos um quiosque do Bacio di Latte que fazia tempo eu queria experimentar e só tenho uma palavra: MARAVILHOSO.

Depois seguimos á pé, mesmo com uma chuvinha paulistana, tomando um gelato italiano..rs... para a Casa das Rosas, outro lugar que eu nunca tinha ido, como a casa faz 10 anos tinha uma apresentação (peça) de poesias e textos nos cômodos da casa chamada "A casa é sua", adoro essas coisas diferentes e não poderia ter sido melhor, textos lindos, interpretações marcantes, e uma nova experiência bem sucedida nessa cidade maluca, caótica, mas generosa com todos, a peça também foi gratuita e amanhã (Dia 28/11/2014) é a última apresentação, tem que chegar uma hora antes (19h00) quando os ingressos são distribuídos, depois dê uma volta pela Paulista, ou tome um café por lá mesmo e se encante com a peça depois (20h00). Eu deixei meu carro na Vila Madalena (metrô) e fui de metrô, pois, os preços para estacionar nessa região são caros.


Na outra semana, quinta-feira fui almoçar com a minha amiga Rita que mora em São José dos Campos e comentei sobre a peça, que era imperdível...
Na sexta, no dia da peça, eu vi no face de uma amiga a Rê essa foto e achei o máximo, comentei com ela que era lindo e ela me disse que era um texto retirado do livro de um autor maravilhoso chamado Daniel Viana, agradeci a dica e disse que ia procurar me informar sobre ele...publiquei a foto na minha página e no metrô a Rita comentou como o texto era lindo e blablabla...

Texto retirado do livro de Daniel Viana

Vimos a peça, eu de novo, e instruí minha amiga onde ficar e sentar no final para quem sabe ganharmos uma rosa do moço bonito que as distribuía no final...rss...
Bem eu não ganhei...mesmo com a maior cara de pidoncha...rs, mas a Rita ganhou e como boa amiga que é, me deu a rosa.
Volto toda serelepe no metrô para pegar meu carro, e vendo no celular, o moço das rosas tá lá em baixo do meu comentário para minha amiga que publicou o texto acima....
Fiquei confusa.
Bem o autor do texto é o ator da peça, que distribui as rosas no final...rs
São Paulo é grande, mas meu coração é maior. Super coincidência para quem acredita que elas existem...rs
Acho que ganhei mais um autor preferido e quem sabe um novo amigo.
A Rita do Vivendo no mundo de Rita conta sobre a peça nesse post...vai lá: http://www.vivendonomundoderita.com/2014/11/dica-do-blog.html?m=1

E pra acabar o ano e minha lista de passeios culturais falta eu ver:

Ainda no Masp que não vi - Até dia 07/12 - Julian Schnabel

No Ibirapuera - Até dia 07/12 - Bienal

No Instituto Tomie Ohtake - Até dia 11/01/2015 - Salvador Dalí

Na Pinacoteca - Até dia 22/02/2015 - Ron Mueck

E pra fechar o ano, tenho, preciso ver o show  das águas no Ibirapuera, mais Paulistano que isso, só ..... qual é a sua lista? Rs

sábado, 1 de novembro de 2014

Um presente que ninguém pode comprar igual

Faz algum tempo eu vi num site gringo um boneco de pano (adoro!!!!) que era a cópia exata de um desenho de uma criança.
Pirei!!!
Tenho aqui em casa um baú que herdei da minha avó e nele guardo tesouros pra mim, bilhetes, desenhos, cartões, tudo que me foi dado com tanto carinho nesses quase quarenta anos de vida pelas mais diferentes pessoas que cruzaram o meu caminho.
Eu sou meio sentimental, não direi que sou triste, não sou, sou puro sentimento mesmo...sabe a música:
"Todos os sentimentos me tocam a alma, alegria ou tristeza..."...sou eu.
Adoro os tesouros que vou guardando no caminho, mas tenho consciência do desapego, já que são coisas materiais que guardam sentimentos e não o contrário.
Fiquei com esse desejo de fazer um boneco de pano baseado no desenho dos meus sobrinhos....
Mas não sabia como fazer...
Até comentei em algum lugar (acho que no face) e a Stella e a Marta que costuram comentaram, uma dizendo que já tinha feito (Marta) e outra dizendo que moria de medo de fazer (Stella) com medo de não alcançar a expectativa de ser fiel ao desenho.
Guardei essa informação dentro do meu coração e pensei, um dia vou pedir a Marta que faça pra mim...rs... mas pensei talvez ela fez pra alguém da família, alguém próximo e eu sou só a amiga secreta dela do encontro de blogueiras...rss...mas ia me encher de coragem...ah ia...rs
Mas nem precisou, já que a Marta, Marion e Márcia (As três Ms..rs) por meio da empresa chamada Criações em Família, lançaram essa possibilidade de eternizar o desenho da criança que você ama pra quem quisesse...
Bom procurei no meu baú algum desenho da Bia (minha sobrinha) para poder fazer o boneco, mas eram todos pequenos...
Pedi pra minha prima ver se tinha um desenho da Maria (filha dela a quem considero minha sobrinha também) e uma pasta que ela tinha sumiu com todos os desenhos da Má...
Pensei....aiaiai!
Daí tive uma ideia, pedi pra Bia e pra Má fazerem um desenho delas, um auto retrato...(um desenho de como elas se viam...rss)
Passamos uma tarde delícia...ela desenhando...e eu falei assim, eu vou fazer um negócio com esse seu desenho... e ela: " tipo uma surpresa titia?". Sim Bibi tipo uma surpresa. Ela me deu o desenho e levei pra casa.

Falei pra ela que no desenho parecia que ela piscava....e ela fofa e engraçadinha que é imitou seu desenho:


Com os desenhos digitalizados, a primeira coisa foi enviar para a Marion e ver se estavam bons para o processo de cópia no tecido.
A Marion deu uma ajustadinha, trocamos várias mensagens...e ela me perguntou se eu me importaria que ela colocasse a assinatura das meninas (já que ambas tinham assinado e colocado a data)...rs...pode tamanha fofura...claro que disse que sim né?...daí ela me perguntou se ela poderia usar tecidos coloridos azul como o papel que a Bia desenhou e rosa ou pink como os laços do desenho da Má...outra fofura né?...outra aprovação...mensagens trocadas, tudo certo, esperei o resultado.

Foto by Marion
Foto by Marion

Foto by Marion

Quando tudo estava pronto lembrei que não tinha pedido para a Marion fazer um cartãozinho para a Maria e que ela não saberia quem tinha enviado...falei com a Marion para ela colocar algo por fora mesmo do envelope que já estava pronto e ela me disse que já tinha feito isso...pode tamanho cuidado e atenção, coisa de quem sabe o que significado desse presente, muito além de qualquer valor monetário.

Daí que a fofa ainda me disse no seu pacotinho que está indo pra sua casa tem um mimo pra você...agradeci e esperava tudo...rs...menos o que ela me mandou.

A cartinha linda explicando que ela tinha errado e danificado um desenho de cada uma das minhas meninas e que para não jogar fora ela tinha feito uma sacola pra mim com os desenhos das meninas.
Fiz igual a Bia, abracei minha sacola com todo amor...
E fiquei emocionada.
E chocada com tamanha qualidade...alça, costura, tecido....não era qualquer sacolinha não meu povo, é a sacola....
Cheguei a pensar que como eu devolveria o desenho pra Bia junto com o boneco e o da Má eu não tinha só o digital, eu não ficaria com nada para colocar no meu baú das recordações...RS... mas adulta que sou..RS,..aceitei que tinha as fotos e tudo bem...mas quando a minha bolsa chegou percebi que amei ter um pedacinho de todo esse amor comigo pra sempre, agora ando por aí com a versão desenhada da Bia e da Maria, minhas duas flores do meu jardim....
Sei não...se fosse você pediria para Marion errar e fazer uma bolsa para você também...rs




Agora era esperar a Bia vir em casa para presenteá-la
O da Má foi direto para a casa dela, já que ela mora em outro estado, com a cartinha fofa da Marion dizendo que era um presente feito pela Criações em Família e dado pela Titia Déa...own....
Minha prima gravou um vídeo dela recebendo e eu amei...a reação foi praticamente igual a da Bia, que vocês vêem na fotos a seguir:

Veio nesse saquinho lindo, que já vale muito, com fita de cetim, etiqueta fofa, papel de seda, cheiroso...um mimo:

Quando ela viu o que era:


Quando ela viu que continha a sua assinatura:


Sem palavras:



E assim um presente único, feito pela Bia, pela Ms, dado por mim, que durará muito tempo e que significa muito pra todas nós. Difícil juntar tudo isso num presente né? 
Isso pra mim é o que representa um presente, quando alguém nos dá algo que dinheiro nenhum no mundo pode comprar, desses que vem cheios de amor e personalidade, presentes que fazem parte do nosso coração, que são materiais, mas que habitam a nossa alma.

Bom agradeço demais a Ms, em especial a Marion que tornou meu desejo realidade, e por todo carinho com que me tratou, pelo presente tão carinhoso, por todo o cuidado, atenção, paciência e tudo mais.
E eu se fosse você...que tem crianças em sua vida, ou que já foi uma criança um dia (quem nunca? rs)...corria já pro site da Divitae e encomendaria o seu AGORA!!!
Fala pra Marion que você viu aqui, morreu de inveja (sim ela existe e nem sempre é do mal, desejo de possuir exatamente o que o outro tem, mas sim reproduzir a mesma emoção e prazer), e quer encomendar o seu.






Estou procurando um presente tão significativo para o João e o Rafa...que já são pré-adolescentes...se alguém tiver uma ideia....o Rafa ganhou o $....e o João caminha para esse mesmo caminho...rs