domingo, 30 de abril de 2017

Programação de uma viagem - Uma transplantada no mundo - Detalhes não tão pequenos de nós todos..

Mas vamos deixar de lado as coisas da alma e continuar nossa programação para a viagem.

Bom um dos países que vou viajar não precisa de visto.

O outro pode-se tirar quando chega e para isso precisa levar foto, dinheiro vivo (dolares), ter passaporte em dia. Como disseram que tinha uma filinha, todos do grupo (se fosse só um não resolveria..rs), decidiram fazer on line, assim com o visto on line, a gente já chega e já vai para a fila de imigração sem ter que esperar a análise para o visto.

Link para tirar o visto

Informações de como a foto para o visto on line deve ser

Estamos levando também por precaução fotos impressas, no desencontro do tamanho adequado, estou levando: 3x4, 4x6 e 5x7...rs

Outra coisa foi pensar na questão dinheiro, como levar, como estamos saindo daqui com a maioria das coisas pagas, achei melhor só levar dinheiro em cash já que não é uma quantidade grande. (comprei na empresa de câmbio Câmbio Store, que me foi indicada por uma amiga, eles entregam e tudo correu bem). Levando sempre numa doleira desse tipo da foto.

Cambio Store

(não estou ganhando nada, só indicando um serviço utilizado por mim)

O relógio é que como tomo medicação programada e passarei por alguns oceanos e um continente diferente, preciso me adequar ao fuso aqui do Brasil para tomar a minha medicação corretamente.




Claro cartão de crédito internacional. (Avisado alguns dias antes para a operadora da sua viagem, para que não bloqueiem suas compras no lugar da viagem, pensando que seu cartão foi clonado ou haqueado).

Também há hoje a possibilidade de liberar seu cartão de débito para saques internacionais, e é interessante, pois, fazem a conversão com o $ que você tem na conta e você saca em caixas internacionais no pais que está já na moeda local. Deve incidir taxas do banco claramente e talvez iof, não sei, pois nunca fiz esse tipo de operação.
(Paga-se no meu banco R$ 9,90 por saque + IOF 6,58%) (Espero não precisar, por que, não tem dinheiro em conta pra isso...rs...e por que achei caro as taxas, mas numa emergência)

Passeios nos compramos só dois, que depois contando sobre a viagem vou detalhar.
São dois passeios com grande procura, poucas vagas e que podem ser reservados do Brasil

A agente de viagem amiga nos apresentou um orçamento, via agência para hotel, seguro saúde e transfers dos aeroportos para os hotéis e dos hotéis para os aeroportos que ultrapassavam nosso orçamento inicial, já meio estourado com as passagens aéreas internas (quando compramos a passagem principal, ainda não sabíamos para onde iriamos, o que iriamos fazer e eu e acho que todo mundo já sabia que o budget inicial era uma ideia...rs)

Então, mesmo sabendo que via agência a gente tem mais segurança e ajuda, além de serviço de primeira com transfer com guias, etc, nós contratamos a agente amiga só para reservar os hotel para o grupo.

Viajar em grupo traz suas alegrias de dividir despesas, de algumas coisas serem mais baratas, mas também traz o desassossego por muitas vezes um serviço só poder ser pago por um do grupo e isso muitas vezes fica complicado, como no caso dos transfers, como são várias cidades, variadas empresas em cada lugar, uma pessoa do grupo teria que comprar os transfers para todos e depois cobrar cada um, trabalho esse realizado pela agência geralmente.

Mas optamos pela agente fechar o plano de saúde onde cada um pagou com seu cartão de crédito e os hotéis onde uma pessoa das duplas pagava, como eram muitos hotéis, nós dividimos e cada uma das pessoas que dividirão os quartos pagaram determinado hotel e com isso nos fizemos as contas depois do total gasto dividimos por dois e acertamos com quem pagou a mais.

E o transfers nós decidimos tomar táxis ou acertar os transfers no aeroporto na chegada.

Com isso a viagem com certeza ficou uns 50% mais barato do que ter o respaldo e a mordomia da agência de viagem.

Não questiono o custo da agência de viagem, acho válido, justo, para aqueles que não querem ter trabalho, pesquisar, que preferem ter alguém esperando no aeroporto, mas nesse momento esses custos seriam um luxo para mim, do qual eu não posso arcar.

Minha mãe me deu várias presentes como já disse, meu pai também está pagando alguns itens, e venho desde Janeiro economizando em tudo, e ficarei até o final do ano praticamente pagando a viagem, mas valerá cada centavo investido.

Pagamos para a agente só as reservas que ela fez de hotel para nós, e estamos indo sem o respaldo de uma agência, mas contando com a amiga e agente que nos ajudou sim, caso haja algum problema com nossas reservas de hotéis.

Passagens de ida e volta para o Brasil - Ok
Passagens internas com excesso de peso, lanche, e assentos marcados - ok
Certificado de vacinação ou isenção da febre amarela - ok
Receitas médicas, conversas com a médica, farmacinha - ok
Roteiro pelo menos de quantos dias em cada cidade - Ok.
Visto para um dos países via on line - ok
Hotéis - Ok
Seguro Viagem - ok
Transfers - A serem resolvidos nas cidades (Táxis) - Ok.
Passeios mais procurados reservados e garantidos - ok
Forma de levar dinheiro decidido - ok

Agora é a hora da mala.....



Nenhum comentário:

Postar um comentário